Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS HOMENS TAMBÉM CHORAM


Dizem que homem que é homem não deve chorar...
Por que semelhante isso?
Osculos e amplexos,
Marcial

OS HOMENS TAMBÉM CHORAM
Marcial Salaverry
 
Existe um velho e surrado chavão que diz que homem que é homem não chora, talvez porque lágrimas sejam consideradas como sinal de fraqueza, e não passa de arma feminina para conseguir com que os homens façam coisas por elas.
Ledo engano. Quem assim pensa, certamente não conhece nada da alma humana, e que chorar não é sinal de fraqueza, mas sim, sinal de forte sensibilidade interior. Apenas as mulheres não mascaram tanto suas emoções, e as deixam aflorar. Guardar emoções é meio caminho para o stress e para o enfarte.
O homem atingido por certas dores, sejam físicas ou emocionais não só pode, como deve chorar, como uma forma de dar vazão a seus sentimentos. Por que não extravasar suas emoções? Por que esse raciocínio eminentemente machista?
Da mesma maneira que uma menina busca um colo, quando sente carência de carinho, de ternura, daquela doçura que só os afagos trazem, os homens tem seus momentos em que precisam disso tudo. Mas muitas vezes, apenas em nome de seu raciocínio machista, chega a repudiar carinhos que lhes são oferecidos, sendo muitas vezes rudes com filhos ou companheiras.
Os homens são guerreiros, consideram-se fortes e bravos, e, impávidos em sua fortaleza, julgam-se imunes às dores. Mas se atingidos em suas emoções, entregam-se e precisam ser consolados. É o instinto natural de qualquer ser vivo, de procurar ajuda em momentos de perigo, e procurar consolo em momentos de sofrimento, e não deve opor resistência aos apelos de sua alma, quando seu íntimo clamar por ajuda ou apoio, em nome de uma pretensa auto-suficiência, de seu machismo exacerbado.
Quando perde seu amor então, fica inconsolável, e seu lado guerreiro se esboroa... No fundo, apesar da capa de fortaleza, é frágil, e não resiste à dor da perda.
E então, chora, geralmente escondido, sozinho, por não querer que outros testemunhem sua “fraqueza”. Vencido pela dor em seu peito, não consegue mais carregar a espada que sempre foi o testemunho de sua virilidade, e entrega-ser ao alívio das lágrimas, que não mais consegue controlar. Volta a ser criança, precisando de um colinho que o ampare.
Existem outras situações em que o homem volta a ser menino. É quando vê seus sonhos caírem por terra, se ficar sem trabalho, e assim, sem condições de sustentar sua família...
E então chora, qual menino desamparado. Sente-se infeliz, e chora em busca de consolo.
Na verdade, chorar não é sinal de fraqueza, pelo contrário, é sinal de que conseguiu vencer suas inibições e preconceitos, assumindo seu lado humano, sujeito às emoções que vem de sua alma.  Não há porque resistir, apenas em nome do antigo preconceito de que “homem macho não deve chorar”.  Se as lágrimas afloram, deixe-as seguir seu curso. Não bloqueie as emoções, pois poderá aumentar o sofrimento.
Com lágrimas ou sem lágrimas, o importante é viver sempre UM LINDO DIA.
 
Esta crônica foi inspirada na musica Guerreiros são meninos, de Gonzaguinha...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 29/06/2005
Código do texto: T29107
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19852 textos (1962374 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:19)
Marcial Salaverry