Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um sorriso em meio a dor

As cadeiras da  sala de espera estavam todas ocupadas pelas  pessoas  que aguardavam a hora de visitar seu ente querido que permanecia na UTI, sabe-se Deus em que situação. Alguns, com um quadro melhor de saúde, lúcidos, com a esperança  de sair daquele lugar, que, embora com todo o recurso tecnológico   necessário, prefereria um quarto no hospital, junto à sua família. Alguns em coma, sem dar notícia do que ocorria  à sua volta, sem perceber(!) as lágrimas que silenciosamente derramam  seus familiares, na hora permitida da visita.
Todos ficam atentos naquele Centro de Tratamento Intensivo. É grande e abnegado  o cuidado dos médicos, das enfermeiras e psicólogas  que ali dedicam seu tempo, sem esperar nem cobrar uma palavra de agradecimento. Trabalham com a dor, vivenciam momentos dolorosos daquelas pessoas que se agarram à vida, tentando adiar  a hora da partida.
Enquanto isso, na sala de espera , os parentes estão ansiosos, abatidos, preocupados. Vem o ministro religioso trazendo palavras de consolo, de fé, de esperança. Chega também a psicóloga  que escuta  os lamentos  de  cada um e oferece seus préstimos. E, em grupo de três,  cada família espera a hora de ser chamada e confia que vai marcar presença corajosa capaz de animar o seu doentinho! Enquanto isso o clima é tenso. Quem fala procura fazê-lo em tom bem baixo. O enfermo pode escutar!
Eis que Deus concede um momento de paz e alegria naquele ambiente. Duas enfermeiras passam, levando uma estufa com   um bebezinho prematuro. Tranqüilo ele dormia, confiante na Divina Providência que zelava pela sua vida. Naquele  instante, todos se levantam, esquecendo de seus graves problemas e até conseguem sorrir,  perante aquela cena tão linda! É uma bênção de Deus que se concretiza naquela  vida que apenas  está iniciando...
                             
                         ***
Mario, esta florzinha é para você. Ela é muito simples para a sua grande pessoa, mas o seu coração de criança vai acolhê-la como um presente da natureza tão bela!
Abraços.
fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 17/11/2006
Reeditado em 17/11/2006
Código do texto: T293596
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:35)
fernanda araujo