Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASULO

Pobre criança na janela de casa .A casa  é bonita,segura, inexpugnável .Conhece o Mundo  pela Internet, televisão , livros .Tem amigos que moram em casas  como as dele , protegidas, invioláveis .Vigiadas  vinte e quatro horas por dia .Alguns até tiveram um " chip"  sob a pele, que indica em que lugar estará. São vigiados por automóveis que circulam  por condomínios fechados, pedaços do futuro  cercados de pobreza por todos os lados .Tem escolas , academias, super mercados, farmácias , hospitais, locadoras. Praticamente não precisam sair do casulo. Seus amigos , namoradas , coelgas  são em sua enorme maioria brancos. falam inglês ou francês , conhecem melhor a Qinta Avenida do que a Avenida Paulista . Seus pais se locomovem  em helicópteros, distantes do mais simples mortal . Fazenda, gado , plantação ,já os tiveram , mas hoje estão completamente mergulhados na globalização. Fazem compra pelo computador que é entregue na portaria do condomínio por um "boy " quase preto, nordestino , que mal ganha o salário mínimo. Negros, mulatos, indios, nordestinos, mendigos até que já ouviram falar neles , mas quase como  cor local. Gostariam que eles tivessem pelo menos a finesse dos franceses, ou a praticidade dos americanos. A criança pode até tê-los visto, mas como porteiros, jardineiros, garotos de racados. Seus iguais não são como eles. Suas visitas ao médico é feita dentro do condomínio. Os maiores medos são  as vacas , os burros , os cavalos e o dia em que por algum motivo  tiver que sair para fora do condomínio. Olha com medo  o outro  que parece diferente  e vive assim  seguro, alienado , mas infantilmente  feliz .

Até quando ?  
grotius
Enviado por grotius em 17/11/2006
Código do texto: T294083

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 61 anos
444 textos (16461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:00)