Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espertos, mas ingênuos.......

Pensando na ingenuidade de algumas pessoas, fui estendendo minhas reflexões e lembrei-me que há tempos venho pensando que não existe, entre os humanos, um só ser que não conserve ainda algum traço de ingenuidade.
O malandro, aquele que se considera o mais esperto, que pensa levar sempre a melhor, ingenuamente acredita que isso se repetirá continuamente, que jamais alguém conseguirá superá-lo ou desmascará-lo.
As pessoas mais maduras, geralmente se colocam no pedestal de quem tudo sabe, melhor do que quaisquer outras.
Bem dizem que não há crimes perfeitos, mas sim crimes não solucionados. É ingenuidade pensar que podemos escapar imunes e ilesos das faltas e erros que cometemos, seja qual for sua extensão e gênero.
Mais cedo, ou mais tarde, por algum lapso ditado justamente pela crença ingênua de que não o somos, seremos flagrados. Acredito que a consciência acaba nos condenando e nos leva a dar o passo em falso, revelador.
Não é à toa que existem tantos ditados populares. Usarei mais um: “Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe”.
Antes de nos vangloriarmos de nossa experiência e esperteza, prestemos atenção. Alguém, mais experiente e esperto, pode estar atento, pronto para abusar da nossa ingênua autoconfiança.

Vitoria Lerinha Haubert
Enviado por Vitoria Lerinha Haubert em 18/11/2006
Código do texto: T294320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vitoria Lerinha Haubert
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
266 textos (18684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:09)
Vitoria Lerinha Haubert