Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Rua da Lapa

   A Rua da Lapa é como um corredor humano. Um vai-e-vem. Ela começa ali na Igreja de Nossa Senhora da Lapa do Desterro e se extende até o início da Rua da Glória. Na Rua da Lapa há diversidades de seres humanos e de seres não humanos. Há seus prédios coloniais e seus prédios nem tão coloniais assim. Há marquises que resistem e outras que não resistem mais, e estas últimas quase matou uma velhinha, ali na esquina da Taylor Street.
   Certo dia tinha um senhor magricela com um sotaque da Terra da Rainha Elizabeth, que fora inquirido sobre o nome daquela rua, por uma jovem paulistana. Da forma mais polida de um súdito vitoriano, discursou: "- This is the Taylor Street."
   Do "Beco dos Ratos" a Taylor Street fica o mercado das pulgas. Monitores, mouses, teclados, cpu, livros, quadros, vasos, brinquedos, louças, roupas, sapatos, cd, vinil, vitrola, móveis, antiqualhas perfilam-se sobre a calçada sob os olhos capitalistas das gentes diversas que pisam aquela terra antiga.
   A Rua da Lapa guarda lembranças longínquas e produz novas histórias. Conheço suas lembranças pelos livros, pelos olhos dos velhos que ainda resistem à existência e à geografia carioca, pelos sebos e seus livros sobre os jovens daquela época.
   A Rua da Lapa guarda sua mística. Transfere esta mística para os sensíveis. Cada vez que a atravesso posso contemplar um senhor de fraque e cartola e um jovem boêmio errante. Estes costumes ficaram para aquele tempo, mas os senhores e os jovens continuam pisando sobre esta rua como a repetir religiosamente os passos do "Bruxo do Cosme Velho" e do jovem errante Olavo Bilac.
   Hoje eu, minha esposa e minha filha passamos pela Rua da Lapa. Foi uma experiência transcendental.
Rodiney da Silva
Enviado por Rodiney da Silva em 18/11/2006
Código do texto: T294917

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodiney da Silva
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
248 textos (11058 leituras)
2 e-livros (66 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:26)
Rodiney da Silva

Site do Escritor