Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reféns da balança

Guardar mágoa por algo que  aconteceu e não foi esquecido tem deixado parte das  pessoas alheias ao convívio pois o veneno que causou tanto mal inda circula no corpo de quem sentiu o problema na pele.

Inúmeras foram às vezes que acreditei que se ocultasse a verdade estaria fazendo minha amiga sentir-se melhor  porém quando soube que sua saúde física e mental fora comprometida por se achar obesa com pouco mais de 40kg, vi a tolice que foi meu comportamento de jardineiro plantando flores encobrindo o mal junto à raiz.

Aos poucos, mudei meu proceder dando inicio há nossos dias em comum reforçando sua auto-estima plantando idéias altruístas em seu coração iludido pela visão deturpada que a anorexia provocava sem que ela desse conta do que poderia acontecer se continuasse refém da balança.

Sei que muitos de nossos amigos deixaram de falar comigo porque passei da condição de jardineiro à de engenheiro construindo pontes entre cabeça e coração, mas melhor esquece-los no vazio. O verdadeiro amigo se alegra quando vê o outro melhor e a vida - sua vida - vale bem mais que a mágoa que restou pois a beleza que se sente quando se tem um amigo presente sorrindo com você vale bem mais que a efêmera beleza de uma flor brilhando numa só estação.
 

 
Manoel Claudio - 19/11/2006 -02:14h.
 
www.foradassombras.cjb.net - HP medica - epilepsia
Manoel
Enviado por Manoel em 19/11/2006
Reeditado em 24/11/2006
Código do texto: T295276
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel
São Paulo - São Paulo - Brasil
494 textos (19131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:45)
Manoel