Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEUS LHE PAGUE! MUITO OBRIGADO!

                         Lemos no Evangelho: “Onde estão os outros nove. Não foram dez os curados?” ( Lc 17, 17).
Hoje também o agradecimento não faz parte da vida humana. É bom lembrar que quem agradeceu na passagem acima descrita era um samaritano.
Hoje, porém, entendemos que os outros estão a nosso dispor e isso nos basta.
De nossa parte nada fazemos para mudar este estado de coisas.
Lembro-me dos bons tempos de infância quando sabia agradecer a alguém por uma gentileza, por menor que fosse.
Deus lhe pague... Muito obrigado ... por algum favor feito: um doce, um sorvete, o café, o almoço, a cortesia!
Hoje, na correria do dia-a-dia temos pressa para tudo e não paramos para agradecer. Nem, ao próprio Deus agradecemos.
Mudaram-se as coisas todas. Pensamos que nossos irmãos devem nos servir por isso é coisa dos outros.
Quanto a nós esquecemos de agradecer o que nos fizeram.
Minha saudosa avó, que Deus levou de nosso convívio em 1972, fazia questão de agradecer pequeníssimas coisas mesmo feitas por crianças, seus netos ou parentes.
Seu pensamento era este:
“Não enxergo um palmo adiante do nariz, mas sei que não tenho nem tive escravo. Por isso, agradeço de coração, mesmo que seja uma criança, quem me serviu. Peço que Deus a abençoe e que ela seja muito feliz”.
È certo que devemos agradecer, em primeiro lugar a Deus e aí sim aos que nos favoreceram. Eles estão imbuídos do espírito de caridade e solidariedade de que falam as Escrituras Sagradas, retratando os diversos momentos da História da Salvação.
Os mais simples dizem:
“Deus lhe pague... Deus abençoe... Deus que aumente... Deus que ajude”.
Os de maior cultura:
Agradecido... Grato... Muito obrigado...!
Não importa como agradecem. O importante é agradecer!
A gratidão não deve ser esquecida. Ela não está fora de moda.
Seja grato.
Falando nisso... Grato pela atenção a este texto. Deus lhe pague! Muito obrigado!  TCHAU. ABRAÇOS.
Carvalho Santos
Enviado por Carvalho Santos em 20/11/2006
Reeditado em 20/11/2006
Código do texto: T296666
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carvalho Santos
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 67 anos
42 textos (4526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:12)
Carvalho Santos