Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Direto a Heresia Diária

Deveria ser lei:
Art 2o: todo o cidadão tem direito a uma heresia diária.
E nessa lei deveria ser colocado que temos o direito de questionar nossas próprias crenças. Desacreditar em tudo que nós é jogado pela garganta, como se o “certo” fosse aquilo que todo mundo aceita.
Disse uma vez Percy Shelley: “Quando uma proposição é oferecida à mente, ela percebe a conformidade ou a desconformidade das idéias de que é composta.” E o direito a heresia diária é exatamente isso. Nosso direito a sermos contracultures, nosso direito de sermos, acima de tudo, pensadores.
Por vezes as pessoas endeusam coisas. É assim com políticos, com idéias, com pessoas famosas. E é nosso direito olhar para uma pessoa dessas e dizer:
— Caralho! Você não é mais que eu!
Colocar as coisas nesse patamar sempre alivia as coisas (ou ao menos as torna menos idiotas). E por qual maldita razão temos que sempre seguir um modelo estático? Por que não bater no peito cabeludo (no caso de nós, homens) e dizer, com todas as letras: “Eu posso ser melhor!”.
Deveria também ser heresia ser melhor e mais pensante que os outros. Afinal, as pessoas somente fazem aquilo que é proibido, profano. Ser herege não é só fazer sexo anal porque a Igreja sagrada condena tal ato, ser herege é, acima de tudo, ver que nada é sagrado o tempo todo.
E vamos começar nossa heresia do dia a dia. Vamos parar para ver e vermos (olha minha heresia com a língua portuguesa) que as coisas podem ser vistas sempre por óticas diferentes.


Aprendam uma coisa, no final das contas:
“Só vai para o Inferno quem acha que tem conta com o Capeta.”
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 21/11/2006
Código do texto: T296907

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
799 textos (255199 leituras)
6 áudios (1607 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:53)
Fabio Melo