Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIÇÃO DE VIDA



Quarta-feira bem cedo, precisava ir a Santos,
acordei estava chovendo, e eu iria de ônibus,
quase reclamei, mas tudo bem pensei, uma
mala pequena, apenas dois dias lá, metro e cheguei
ao terminal Jabaquara.
Ao comprar a passagem, pedi na janela, e do meio
do ônibus para trás, não tinha apenas uma na frente,
ia reclamar de novo, mas não fiz.
Um cigarro antes do embarque, entro e na minha janela,
um jovem ainda, 36 anos fiquei sabendo depois, de óculos
escuros.
Disse o senhor está na minha janela, ele então me respondeu!
Sou deficiente visual, e o motorista me colocou  aqui, mas troco
de lugar sem problema, me senti tão pequena, quase que tenho
um piti, por causa da chuva, ir de ônibus, e a minha janela, e
ele nem podendo admirar a paisagem.
Disse a ele que ia procurar outro lugar, outra lição...
me disse não pode sentar aqui do lado? Sou deficiente não
contagioso, e me deu um sorriso franco e aberto, me lembrei
do Jatobá, aquele da novela...
Fomos conversando durante a viagem, a cada pergunta dele sobre
onde estávamos eu emprestava meus olhos.
Quase chegando a baixada santista, me perguntou quantos anos
eu tinha, lhe disse que era uma velhinha, mais uma vez ele
sorriu e me deu mais uma lição, me disse com sua voz e seu
sorriso é uma criança  no coração, confesso que chorei de
emoção, por saber que poderia ter brigado por tantas coisas
pequenas e não fiz..Graças a Deus..
Na conversa soube que ele é internauta, fiz mais um amigo,
vamos trocar figurinhas.
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 01/07/2005
Código do texto: T29829
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
468 textos (35410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:43)
Luiza Porto