Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bendito homem

Ela tenta de qualquer forma se distrair e pensar em algo que não no amor.

Como é difícil,ela pensa.

O amor está em suas entranhas,o amor é ela e ela é o amor.

Ela ouve Gainsbourg na tentativa tola de se deprimir cada vez mais,mas nem sua piedade pelo pobre francês a faz desistir da vida,desistir de tudo.

Será que agora ela é feliz?

Merda.ela que sempre gostou tanto de parecer triste,digna da compaixão alheia,agora,só tem um sorriso escancarado no rosto.

Ela que sempre achou chique um ar sofrido estampado na cara não consegue disfarçar seus dentes.

Justo ela que não queria se prender a ninguém com medo de sofrer,justo ela que a cada dia buscava um olhar pra ser seu naquele instante;quer agora um olhar pra ser seu por toda vida.

Justo ela.

Bendito homem que não a deixa dormir em paz,que só a faz olhar para um canto escondido na parede onde palavras de amor foram escritas numa noite de indecisão.

Bendito homem,dono de uma foto 3x4,antiga,que não sai da sua carteira,e que fica ali,quase que abençoando-a.

Bendito homem que a cada gesto de amor lhe devolve a vida.

Bendito homem que a fez perceber que cara de tristeza é a coisa mais ridícula do mundo.
melody nelson
Enviado por melody nelson em 23/11/2006
Código do texto: T298779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
melody nelson
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
32 textos (2051 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:46)
melody nelson