Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELDORADO I

Todo mundo busca seu Eldorado. Muitos trabalham tanto por isso que se esquecem da família e perdem a preciosidade que é ver seus filhos crescerem. Vaidosos, fazem das aparências e das posses, dos carros e das roupas, o passaporte – ilusório – para o país perfeito. Estudados, inteligentes buscam todas as explicações e ciência para levar com o mais preciso cálculo ao país distante e cheio de riquezas. Incontáveis outras tentativas para chegar em Eldorado. Ainda há os que se entregam aos mais inadequados vícios na esperança de que assim consigam decolar rumo ao paraíso dourado.

Muitas vezes a busca se torna tão freneticamente ilógica que por fim o Eldorado acaba esquecido, abandonado ou desacreditado.

Eu sempre acreditei em ter meu Eldorado em algum lugar desde mundão! E confesso que sempre o desejei bem longe, num lugar despovoado, predominantemente verde e azul, onde o vento é constante, nuvens como flocos de algodão formando caminhos no céu durante o dia, sol que doura a pele e montanhas, muitas montanhas com vastas planícies aos seus pés, noites frescas trazendo garoa fina constantemente... Um rio acompanhando-as montanhas tornaria mais perfeito meu Eldorado.

Hoje tive uma agradável prova de que o Eldorado nos encontra quando nosso coração se abre para os encontros. Bem, pelo menos “o meu” Eldorado. Pra mim, hoje, entendi que ele é aquele país próximo, que de tão próximo, está dentro da gente. E só podemos viver nele quando abrimos o coração e deixamos que pessoas de boa-vontade venham se tornar cidadãos eldorados junto da gente. São aquelas pessoas, um dia li, “a quem Deus quer bem”.

Cidadãos do meu Eldorado têm poesia em cor, aromas em flores, brisas em momentos de vida, são amor em forma de gente e a amizade que nunca acaba porque ela está no coração, junto com Eldorado. Gente que tem riqueza de caráter, pérolas de carinho, cuja atenção e cuidado são como diamantes e a sinceridade e lealdade são como ouro refinado. É gente que de tão gente boa parece que é ser celeste e não humano. O olhar é amplo e transparente como o cristal mais raro e puro.

Hoje eu estou certa de que quando quero sair em busca do Eldorado, na verdade o que desejo é levar o Eldorado que tenho em mim para tantos lugares quanto possível a todas as pessoas de boa-vontade que tenham no coração terra fértil para que uma semente do meu Eldorado eu possa deixar e então nos quatro cantos do mundo eu veja Eldorados crescendo e se multiplicando.
ana K
Enviado por ana K em 24/11/2006
Código do texto: T300012

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Karina Dutra - www.kaka-anak.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ana K
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (15874 leituras)
3 e-livros (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:31)
ana K