Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fadiga

     A Lourdes trabalhava muito. Eu lembro dela com aquelas olheiras. Estava sempre de mau-humor. Ela dizia que o mau-humor não era por que trabalhava muito, era por que ganhava muito mal. Ela dizia que se trabalhasse muito e fosse bem remunerada, poderia ter acesso as coisas que diminuem o mau-humor.
     Um dia soube que a Lourdes pedira demissão. Nunca mais a vi. Sumira. Perguntei ao gerente de seu antigo trabalho e ele me dissera que ela pegara a indenização e dissera que iria descansar a mente e o corpo. A Lourdes virou mística? Ela sempre ostentara o ceticismo. Eu sei que esse ceticismo era mais um dos seus dengos. Era uma forma de dizer a Deus que a sua vida estava uma merda.
     Fui saber por um antigo namorado dela que ela estava na América. América? A Lourdes enlouqueceu! Foi se aventurar? Não? Foi o quê? Descansar a mente e o corpo? Na América? Bem, a América tem lugar para maluquices diversas. Achei engraçado e ficava imaginando a Lourdes na terra do Tio Sam. Foi para onde? Portland? Sei. Lourdes em Portland. Não conseguia entender como uma pessoa cansada de trabalhar fosse descansar a mente e o corpo na América. Essa Lourdes...!
     Um dia na Rodoviária, vi ao longe uma bela mulher. Muito bem vestida. Cabelos longos e um belo sorriso na face. Parei e fiquei a olhando. Não acredito! Lourdes? O que você fez na vida, mulher? Sim, eu soube que você foi para a América. Você está diferente...está bonita...está muito bem...o que houve? O quê? Foi descansar a mente e o corpo? Sei. Você fica ou volta? Fica? E como você está agora? O quê? Procura emprego?  
Rodiney da Silva
Enviado por Rodiney da Silva em 26/11/2006
Código do texto: T301828

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodiney da Silva
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
248 textos (11065 leituras)
2 e-livros (66 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:44)
Rodiney da Silva

Site do Escritor