Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para decantar um grande amor da vida!!!

HOMENAGEM À VIDA

Hoje eu não estou aqui para falar-vos o que é viver ou como viver. Vós tendes dentro de si a explicação do que pretendo dizer em homenagem à vida, não me digam excitados pelos vossos pessimismos que a vida é uma dúvida ou um ponto de interrogação, pois por mais enigmáticos que são alguns fatos, eles são explicáveis e só o tempo podem esclarecê-los, pois nem nós (homens e mulheres de bem) estamos preparados para lutar contra o mal que nos aflige, mas nós somos aprendizes ao passo que somos professores, sobre tudo guerreiros da luz e o hoje só tendem que viver, pois em cada momento presente evoluímos, e são as evoluções do nosso ser que decifram as intermináveis perguntas que fazemos a nós mesmos e que somente caminhando e lutando com destreza é que são respondidas.
Amigos são essas respostas e perguntas que escrevem com mãos de pluma o livro da vida, o livro que homenageia a vida. E sabe qual a maior serenata da vida, que todos os poetas, profetas e menestréis cantam? É a saudade, sim, a saudade, pois é a prova que temos que vivemos a vida, e vivê-la é como encontrar-se com o dom maior que é a esperança, cantar os sonhos, gozar do amor e acordarem felizes ainda vivendo como numa várzea linda de flores, rosa e brilhos que passam por nossas vidas e fazem dela um cântico dos sonhos.
E nós somos anjos, sim, anjos guerreiros, humanos e às vezes demoníacos, mas anjos; não querendo entrar no mundo religioso ou tradicional da sociedade, eu posso afirmá-los que este mundo pode ser o paraíso e que nós podemos viver como Adão e Eva, sem medo ou vergonha um do outro.
Mas se eu pudesse nesse momento dar-lhes um conselho, eu cantaria a seguinte composição:

Levante a cabeça
e siga em frente
não pare
não tenha medo
alce vôo
liberte-se
seja certo
seja errado
seja ponderado
seja libertino
seja menino
Seja... seja...
apenas seja
o que deseja.

E ame
goze da vida
goze pelo presente,
pelas horas perdidas
e pela curada ferida.
Seguindo em frente
não parando
um só instante
e amando
todos os segundos
profundos
que só a alma
sabe sentir.

Porque no mundo
temos três caminhos:
um é morrer
o outro vegetar
e o outro é viver.
Num, se perde dos problemas
e das soluções;
no outro, convivemos
com eles;
e no último enfrentamo-los
e encontramos a trilha
por onde vêm as paixões
em nosso corações.

Mas entre todas as coisas
não se esqueça
quer queira
quer não queira
andando no meio
ou na beira.
na corda bamba
ou no palco,
O que importa
é levantar a cabeça
e seguir
deixando o corpo sentir
a alma
e que esta não pereça
para que os músculos
não caia...
e assim possamos seguir
seguir em frente
sem esquecer de levantar
a cabeça.

E depois de cantar esta elegia a conselho do que é viver eu vos digo: Faça deste réquiem que toca momentaneamente em teu coração, apenas uma nota passada e enterrada de sua mente, pois na guerra do mundo, em que somos soldados, carregados de saudades, a vitória total depois de acabar com o mal é homenagear a vida, para se viver um grande amor...:
UM GRANDE AMOR DA VIDA...
Cavaleiro das sombras
Enviado por Cavaleiro das sombras em 29/11/2006
Código do texto: T304430
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cavaleiro das sombras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
56 textos (3632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:30)
Cavaleiro das sombras