Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERTÚLIA DO SAPATEADO

Por
Assis Machado


Realizou-se, sob os auspícios de uma agradável tarde dos princípios de Junho, mais uma Tertúlia Poética Ao Encontro de Bocage. No espaço habitual do auditório Carlos Paredes, à Av. Gomes Pereira, em Benfica.
Eram dezoito horas em ponto quando o público, em boa afluência, começou a ouvir as primeiras notas musicais do Hino da Tertúlia. Cantaram, entusiasmados os tertulianos, sempre presentes, bem secundados por toda assistência que pouco a pouco começa a conhecer melhor o espírito de que a Tertúlia é feita.
Após este animado início de sessão entrou em palco um original Grupo artístico denominado Grupo de Sapateado Step by Step e Rolling by Step – o qual como se vê deu origem ao nosso título em epígrafe – tendo executado durante cerca de vinte minutos diversas danças e movimentos com uma estética e musicalidade sui generis que muito agradou aos presentes. Saíram muito aplaudidos.
Depois deste evento cheio de beleza e arte assistiu-se a um momento de canto lírico em que actuaram respectivamente o tenor Manuel de Almeida que, com a máxima qualidade e empenho, interpretou algumas conhecidas árias italianas as quais muito sensibilizaram o público e as cantoras Helena Mexia, acompanhada com mestria pela violista e também cantora Garda Oliveira, que interpretaram, dando o seu melhor, algumas canções de cariz alentejano, a primeira, e de sabor africano, a segunda. Todos foram altamente ovacionados.
De seguida decorreram no palco as actuações de Francisco Assis e de Humberto de Castro. O primeiro declamando dois poemas alusivos ao momento que passa e o segundo cantou à karaoke, como sempre, duas canções que caíram bem aos ouvintes, tendo sido no final ovacionados.
Subiram ao palco sequencialmente, para declamarem um poema cada, os tertulianos Eugénia Chaveiro, Perpétua Matias, Domingos Vaz, Lourdes Ferreira e América Miranda que, deliciaram o público com boas actuações nomeadamente América Miranda que, mais uma vez, esteve ao seu melhor nível.
Actuou entretanto, desta vez para cantar, o tertuliano Francisco de Assis que à luz do recente evento “dia mundial da criança”, interpretou duas canções com esta temática. Actuação que teve boa receptividade de todos.
Seguidamente evoluíram no palco, declamando cada uma um poema, as tertulianas Celeste Reis, Graciett Vaz, Helena Bandeira, Amélia Marques e Custódia Pereira que, dentro do que lhes é habitual, conseguiram interessar todo o público recebendo por isso boas ovações.
Mais uma vez Humberto de Castro foi a palco interpretar duas interessantes canções, cujos refrões deram para a participação de todos, tendo sido bem aplaudido no final.
Para terminar a sessão foi a vez de América Miranda presentear a assistência com dois temas escolhidos por si e de sua autoria que, pela forma como foram ditos e sentidos, mereceu dos presentes a maior ovação da tarde.
América Miranda, por seu lado, agradeceu a presença de todos nesta Tertúlia, nomeadamente aos representantes da Junta de Freguesia de Benfica, que gentilmente nos têm disponibilizado este espaço, não deixando de fazer o convite para estarem presentes na nossa próxima Tertúlia.

Assis Machado
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 01/12/2006
Código do texto: T307112
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1762 textos (46515 leituras)
20 áudios (847 audições)
2 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 10:33)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor