Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRIANÇA

Apressem que a hora  tarda. O relógio da igreja marca as horas  sem notar a longa sombra da árvore. Não nota a sombra do homem de paletó  e calça que  esta suando na tarde  quente. Estranho o homem  estar ali parado  olhando fixamente os ponteiros  do relógio . Em pé sob o Sol  , que brilha  em um céu sem nuvens . São duas horas da tarde . Duas horas  que o homem esta ali em pé , estatua de  carne , suor e roupas. Espera por algo  ou por alguem  que não vem , que não veio  e que nem virá. Parece que  perdeu a hora , perdeu o trem, perdeu  a vida .Vida que segue ao seu lado. Vida que esbarra  na vida de outras tantas pessoas  que vivem , sobrevivem . Seus  olhos se fixam  na junção  dos ponteiros desenhados  na sombra do relógio . Passam das duas  e o homem permanece  em pé  no meio da praça abandonada , quase vazia , quase suja. Uma criança brinca no tanque de areia cor de areia, vermelha monazítica, preta. O menino  brinca com uma caixa  de charutos velhos, vazia. Descreve curvas , faz túneis , passagens de carros. Deixa sobre a areia bonecos  de plástico , faz casas  de papelão  sonhados. Olhando bem, o pequeno  inventa histórias , desenhando a praça , as árvores , a igreja e o relógio .Olha o homem  em pé , que olha o relógio. Um instante perdido  no tempo . Parece  que a criança  sabe que o homem  precisa , da infância perdida  , de brincar  na areia. Vai  até ele , pega pela mão , não usa  força. mas o homem  acompanha  encimesmado. Param no tanque  de areia . A criança lhe dá uma outra caixa  de charutos vazia . Começam  lentamente a fazer  uma rua , um cruzamento , uma ponte . Não importa  mais que  cidade seja aquela . Só lhe importa agora  reter novamente a infância perdida.    
grotius
Enviado por grotius em 02/12/2006
Código do texto: T307278

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 62 anos
444 textos (16784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:56)