Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor ... platônico amor

Todo dia a mesma coisa - feijão de molho, cachorro latindo, roupa para lavar, vizinho reclamando do barulho da motocicleta com escapamento aberto entregando pizza na madrugada mas desta vez, a coisa foi diferente. Esquecido na pia, um prato foi palco de formigas notivagas fazendo pick-nick noturno na cozinha.

Quem diria... nem imagino o que sentiu o primeiro desses bichinhos quando encontrou essa "cesta básica" dando sopa num lugar vazio à luz de estrelas atravessando um vitro - tudo ao som de um concerto em ré menor de Mozart esquecido num aparelho de som tocando infinitas vezes o mesmo arranjo enquanto o protagonista desta redigia algo leve reclamando entre uma palavra e outra a mais acertada - tudo proporcionado por um figado reticente por comer algo certo em hora errada.

Bela paisagem - uma noitada e tanto aberta a felicidade. Quanto a mim, fazer o que? Deixar passar é a melhor solução - ja foi e não ha porque revirar o passado - como consolo ficou a felicidade estampada no espelho por contribuir deixando umas horas a mais aquele manjar às ciganas da noite escrevendo com as patinhas, a letra do primeiro nome de um platonico amor.

 
Manoel - 02/12/06 - 14:49h.
Manoel
Enviado por Manoel em 02/12/2006
Reeditado em 06/12/2006
Código do texto: T307723
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel
São Paulo - São Paulo - Brasil
496 textos (19337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:54)
Manoel