Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER INGRATA XI:O INFERNO É O OUTRO?? ESQUEÇA ISSO.

Não precisa ser intelectual e nem ter lido Fausto pra saber: quando alguém entrega a alma ao Diabo vai pagar caro se quiser deixar o Inferno. É lógico que quando o pacto é firmado, esta parte vem em letras miúdas. Quando vem. O Diabo pinta a entrada do Inferno de tal maneira que o que se vê é o Portal do Paraíso. Uma espécie de screensaver, vamos dizer. E com a nossa amiga não seria diferente.
Ok. Ela já sabe que vem comendo o pão que o Diabo, com a permissão (e omissão dela) vem amassando com capricho. Também já sabe que não vale a pena continuar alimentando a alma com uma dieta que inclui ressentimento, mágoa, auto-estima zerada, raiva e muita, muita vontade de dar o troco. Saber, ela sabe. Também sabe que quer cair fora. PRECISA cair fora antes de começar a queimar o pouco que lhe resta no fogo do inferno. O único detalhe é que pra entrar no Inferno, é de graça e pode até ganhar algum. Só que pra sair, paga pedágio ao Diabo. E, diga-se de passagem, ele cobra caro.
Tanto quanto a Ingrata, que já passou por tudo, de Madre Tereza a Sádica, o Diabo também conhece bem a última alma que comprou. E sabe de sobra que, se tem uma arma eficiente contra quem pretende abandonar o Inferno, é a Culpa. E, ninguém, mas ninguém mesmo maneja melhor esta arma, do que o Diabo. E quando se conhece bem a alma rebelde, funciona melhor ainda. Não tenham dúvidas, o Diabo vai usá-la de todas as formas e em todos os sentidos.
Culpa é algo que tem associação direta com Ingratidão. Ele também sabe bem disso. “Depois de tudo que vivemos, depois de uma história tão linda, depois de tudo que te dei, depois, depois, depois...” . O discurso do “depois de “ vai começar a funcionar diariamente e a cada demonstração de rebeldia.
A Ingrata voltará, agora mais do que nunca, a ver, estampado no rosto do outro o espelho de sua ingratidão. Esqueçam aquela historinha do Sartre de que o inferno é o outro. O inferno mora dentro da gente, o outro só nos faz o favor de lembrar isso a todo momento. O outro só é o inferno porque espelha toda a nossa miséria, toda nossa incapacidade de dizer “não” ao que nos faz mal. O inferno é você. Ninguém mais. Aceite isso e saia do Inferno. Ou queime nele junto com o Diabo.
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 05/07/2005
Código do texto: T31266

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:12)
Débora Denadai