Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOS MESTRES E EX-MESTRES

Há alturas na vida que temos que nos esclarecer para com os que nos cercam.
É assim, na minha vida não gosto de pertencer a clubes, partidos ou agremiações. Posso isso sim, ter simpatia por este ou por aquele clube, mas pertencer nunca.
Podem chamar-me antisocial ou fora de moda o que quiserem, mas fujo deles.
Explico porquê: Quando gosto de alguém sou muito exigente na troca, porque quando gosto, gosto mesmo, ora pertencer a qualquer destas organizações tem que ser com o coração e aí eu fujo deles.
Isto porque foram criadas por homens e mulheres, com todas as falhas inerentes ao ser humano e aí eu também falho pois faço parte deste mundo de falhados ou criadores. Mas acontece por vezes que os que criaram essas organizações zangam-se e então tudo está perdido, ou outros pegam no que restou ou então desaparece na poeira dos tempos.
Pobres daqueles que perderam o seu tempo em defesa de uma organização, sairam de coração partido.
Mas pior, pior mesmo que tudo isto é aqueles que não pediram opinião a ninguém para criar essa organização, que a formaram se exibiram na formação, exigiram dos seus sócios o corpo e alma para no fim começarem a pedir uma tomada de posição aos que a ela pertenciam, quer dizer o que era uno e indivisivel tem que tomar um partido, de um dos fundadores, como se o coração se pudesse dividir... assim!.
Por isso não quero ser pertença dessas organizações, posso isso sim ter simpatia e quando não me sentir bem afastar-me.
Ter a liberdade de escolha é um dos maiores bens da humanidade, quererem tolher-nos nessa escolha é ser ditatorial, usar subterfugios psicologicos, lavagens mentais, usarem pobres incautos em defesa dos seus interesses ou ainda pior, é ser vil.
Se errar é proprio do ser humano, pois então senhores e senhoras, porque esperam?!... Admitam os vossos erros mas não queiram culpar outros do erro que foi só vosso e não queiram que os que vos cercam tomem partido, só para que vossa alma descanse e rejubile em relação ao seu ex-amigo, ex-amante ou ex qualquer coisa.
Não se entendem?!... sigam as vossas vidas, façam uma análise interior dos erros que cometeram, dêm um pouco de pausa aos vossos corações e então e só depois voltem rejuvenescidos e com a experiência do aprendizado, mas nunca, nunca mesmo, obriguem os vossos amigos a tomar partido, principalmente nas coisas do coração.
Porque isso doi, doi mesmo...

08.07.2005
Victor Jerónimo
Enviado por Victor Jerónimo em 08/07/2005
Código do texto: T32323
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Jerónimo
Recife - Pernambuco - Brasil, 67 anos
82 textos (5696 leituras)
4 e-livros (176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:12)
Victor Jerónimo