Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Etapas da Vida

"Há prazeres privativos de cada idade,e outros comuns para todos."
(M. de Maricá)

Os estudiosos fisiologistas dividem a idade da vida humana em fases : infância,adolescência,adulta e velhice.
A primeira vai do nascimento aos 14-16 anos,a 2ª dos 14-16 aos 20-21,a 3ª dos 21 aos 60,a 4ª dos 60 em diante.Essa contagem pode variar de teoria em teoria.Outra corrente de pensamento prefere pensar em decênios-no primeiro somos crianças,gostamos dos brinquedos infantis,estórias,desenhos animados,filmes de aventura e fantasia,no segundo nos preocupamos com os estudos(ou deveríamos fazê-lo),paquera, namoro,veleidades literárias,competições esportivas,no terceiro pensamos no casamento,vida social,trabalhos definitivos,anseios de realização,no quarto em estabilidade de vida,maior conforto no lar,amamos os filhos e os educamos também,no quinto seduz-nos o descanso,a vida caseira,brincamos com os netos,no sexto vamos nos desprendendo do mundo,apegados à religião,às boas obras,à leitura da Bíblia,no sétimo suportamos o viver,com os achaques da velhice,constantes desilusões,saudosismo do passado,no oitavo vivemos mais para o outro lado da vida,agarrados à idéia de Deus.sentimo-nos morrer lentamente..."SENECTUS IPSA EST MORBUS"(A velhice é em si uma doença-Terêncio).

Fala-se em tese.As condições e aspirações apontadas são relativas,não sempre acontecem decisivamente assim. Trabalhos,doenças,dificuldades,sofrimentos,lágrimas e dores não dependem de idade e sim da existência individual de cada um.Além das escolhas que fazemos ao longo dos anos.
Os evoluídos aproveitam o tempo da maturidade com lições da experiência,do estudo,da meditação,não se descuidam do seu mundo interno.Os involuídos vivem só para a vida mundana-prazeres frívolos e badalações,esquecem tudo mais.
*Tudo isso apenas pra dizer que não devemos perder de vista as etapas de nossas vidas! Procuremos viver,sem dúvida, aproveitando cada idade,mas educando o espírito para a senda do bem quando tivermos atingido o conhecimento do senso moral.Não fujamos à luta interior do espírito com a matéria,o amor ao próximo,a intolerância,a incompreesão,as paixões,as frivolidades da vida devem com a idade merecer muito reparo de nossa parte.
Os anos transcorrem rapidamente e logo chega a velhice,com o seu cortejo de enfermidades e dissabores para muitos,desilusões e apoquentações...porque apesar da grande ev0lução da ciência ainda não foi inventada e ou revelada a fórmula da eterna juventude,mesmo que se prometam resultados miraculosos no ramo das cirurgias estéticas por exemplo, mas que na verdade a longo andar a pessoa a elas submetidas mais parece um andróide que ser humano.
Particularmente,prefiro pensar ser melhor aproveitarmos bem cada momento de nossas vidas,não desperdiçando nem tempo,nem as boas oportunidades que possam aparecer-estando atentos e cuidando bem do corpo físico,mas não esquecendo de ouvir a voz de dentro,os sussurros do espírito, pois sem sombra de dúvidas assim fazendo deixaremos uma esteira luminosa atrás de nós!Não acredito em seres privilegiados graciosamente nem nos paradigmas criados pela nossa sociedade para cada idade.
Cada um de nós é capaz de alcançar a própria evolução e progresso pessoal.
Bergilde
Enviado por Bergilde em 24/09/2011
Código do texto: T3238344
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bergilde
Itália
243 textos (7315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 09:50)
Bergilde