Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diário de um Quarentão - 2



Ontem foi o primeiro dia do horário de verão .Por sorte, estava de folga. Acordei despreocupado e depois de um delicioso café da manhã, peguei meu carro e fui para uma região de montanhas(1800 metros), a 80 km da minha cidade. Degustei um vinho, um delicioso queijo, e andei a cavalo. Passei  um dia realmente maravilhoso.

Tudo o que acontecia  no mundo ficou muito distante. Por algumas horas, esqueci que os Estados Unidos já não brincavam  de video -game    em  suas bases militares, e que  já não se sentiam os "senhores do universo; e o mundo, enfim,  descobriu" que africanos   passam fome, enquanto  Osama   bim Laden  faz da guerra, território dos seus delírios e fantasias.

Bem, como  a vida não é só festa,  para defender o "leitinho dos herdeiros, retornei  hoje ao trabalho.   Acordei  irritado, meu corpo sentiu a mudança do horário.. Minha consciência já aceitou, porém meu corpo e minha alma , precisavam de mais tempo.

Acho que o burocrata  que inventou o horário de  verão,  não gosta  da lua, de sonhar , namorar e não deve ter mãe.. E com certeza, só  trabalha  à tarde.

Bem  termino  aqui. Vou dormir cedo . Força  do horário de verão !

2001
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 11/07/2005
Código do texto: T33064
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1280 textos (127696 leituras)
11 áudios (1581 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:42)
Roberto Passos do Amaral Pereira