Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Internet e o Pescar de Almas

Este texto foi escrito para o amigo escritor Marciano Vasques, sobre nossas resistências à tecnologia)




Eu sei o quanto é bom um papel... e todos nós da internet, que colocamos nossos trabalhos no Usina das Letras ou no Notívaga Noturna, ou em sites literários, temos sim, a esperança que algum dia, algum editor nos leia, e publique um livro só nosso. Ou você acha que não pensamos ou sonhamos com isso? É inevitável.

De qualquer forma, acredito que a internet chegou para ficar e com isso, muito mais pessoas podem ler os nossos trabalhos e interagir conosco.

Você já parou para pensar na possibilidade que teríamos para nos conversarmos, assim como estamos fazendo agora, se não houvesse essa caixinha chamada internet?

Como você poderia saber dos meus trabalhos e eu dos seus?

A probabilidade matemática é infinitamente grande, poderia dizer, sem medo de errar, que teríamos de esperar várias reencarnações para que isso acontecesse.

E,  se não tem argumento maior, dê uma olhada em seus trabalhos, veja o dos outros e admire-se, sinta o sentimento de cada um... além das letras, do som e da imagem.

Você pode perceber o "outro", saber o que está pensando. Quais os seus princípios, como ele reage às atitudes diante disto ou daquilo. É claro que perdemos no visual, no contato físico, naquela coisa "olho no olho", a "fala do corpo", o tom da voz, o cheiro... a impressão que temos da pessoa de forma geral, mas ainda assim, meu amigo, temos um lado, que é esse que faz isto daqui muito interessante.

Esse lado é... como as pessoas expõem seus sentimentos e desnudam suas almas, mostrando-nos pessoas que se víssemos na rua, nem cumprimentaríamos, ou até nos causariam um afastamento natural. Mas aqui não.

Perdemos o visual e todos os preconceitos decorrentes dos dogmas impostos a nós pela sociedade, abrimos espaço para o ser humano em sua melhor concepção, abrimos nossa mente para o que ele é realmente, como ele pensa. Aqui não tem "to be or not to be" aqui, as pessoas não se escondem... elas simplesmente são o que são.

Algumas pessoas podem mentir a princípio, mas não conseguem fazê-lo por muito tempo, porque o seu caráter está expresso em suas letras. E você pode perceber o seu grau de cultura e sua consistência no trato com você. Aí sim, pode ou não descartar um amigo, peneirando entre seus correspondentes as verdadeiras almas, não importando mais sua aparência física, mas sim o intelecto.

Não que esteja cultuando o "feio" físico, mas isso é uma coisa que as pessoas sabem o que é melhor para elas hoje, e tem aí a televisão, os jornais e as revistas, assim como a própria net, para divulgar pesquisas de saúde, o que se deve ou não ingerir, o peso ideal... e etc. Mas com tudo isso, acredito que a net veio para valorizar também o homem, em sua totalidade. É um verdadeiro "pescar de almas".
 
Rosy Beltrão
Enviado por Rosy Beltrão em 30/11/2004
Código do texto: T353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosy Beltrão
Estados Unidos, 62 anos
155 textos (31304 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 14:12)
Rosy Beltrão