CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto
CURIOSIDADE B

CURIOSIDADE B

Seu FICO ficava toda tarde na esquina onde morava. Era fácil encontrá-lo ali parado, sério, observando o movimento dos carros na rua.
Inúmeras vezes o vi ali parado, no mesmo lugar, como a contar, não a cantar.
Como a curiosidade matou o gato, certo dia, perguntei ao quitandeiro da esquina:
- Sabe o que tanto faz àquele senhor ali parado no mesmo lugar?
- Seu Fico? Sei não! Mas achamos que seu Fico fica vendo os carros passando na rua.
- Bom! Pensei o mesmo. – Confessei.
Depois de agradecer pela informação, voltei para casa ainda mais preocupada com seu Fico. E imaginei: Será que seu Fico não enjoa de ficar olhando para os carros?
E seu Fico continuava o seu ritual todas as tardes até o anoitecer. Até que um dia, não o avistei. Outro dia se passou e nada do seu Fico.
Voltei ao quitandeiro e perguntei:
- Seu Fico morreu? Nunca mais o avistei na esquina.
- Morreu não! Agora seu Fico fica na outra quadra. Achamos que ele cansou de ficar no mesmo lugar.
- Fico feliz pelo seu Fico. Ele continua com seu passa tempo favorito.
O quitandeiro coçou a cabeça e respondeu: - Não é diversão nenhuma para seu Fico. É saudade mesmo!
- Como? – questionei curiosa.
- Seu Fico dirigiu táxi a vida toda. Depois que operou os olhos, a família tirou-lhe o carro.
- Coitado! Mas por quê?
- Ele está sem poder ver. Só escuta o ronco dos carros.


Escrito por Cristawein





Cristawein
Enviado por Cristawein em 01/01/2013
Reeditado em 09/03/2013
Código do texto: T4062679
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Cristawein
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
124 textos (3717 leituras)
2 e-livros (54 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/14 22:29)