Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAGUEANDO NAS PALAVRAS

Não quero filosofar sobre a vida, muito menos fazer citações burlescas dos nossos dramalhões.  Não sei, se vale a pena exorcizar os melefícios da carranca humana, que pragueja nos matutinos, sob as ancas do “quanto mais quente melhor” ou o sorriso mesquinho da social malandragem do “quero ver o circo pegar fogo”.  Cada tijolo despencado é um ponto ganho, lapidado do bolso amortizado dos contracheques. Cada manhã perdida é também hospedeira de empreiteiros levianos programdos -  peles de serpentes, cuja metamorfose não fluiu no tempo. – identidade desfigurada.  É a lama, é a lama... não a lama que cura, mas... a que apascenta os porcos nos chiqueiros a vaguear nas palavras – morbidez da esperança congelada... a que há muito, era ambicionada, mas não azeitada.
- Montanha de lama,expoente de escamas podres da mortandade-  fonte de perversão.  Aí, surge o“decoro”, palavra nobre, honrada, digna, escondendo o passado, laureando o presente postergado. Palavra desacatada, jogada aos leões da Receita ofegante, qual nave à deriva, insônia dos mandarins  inconfidentes –loucos terapêuticos – dragões subservientes, nada condizentes com a palavra em desalinho – pose enxovalhada aos olhos de todos. Posso estar embaralhando alguma coisa, mas ao que me refiro, todos entendem e podem meditar sobre meu senso obscuro.  Ode à volta da mansidão, calmaria, candura, virgindade da palavra “decoro” ora, empertigada – ato de ser-gente.  Também clama por socorro a palavra “honestidade”- íntegro, probo, decente.  Honestidade é uma postura. O ato de ser honesto, não comporta aclamação; é uma obrigação de cada ser pensante, que em dado momento se perde  convergir para o  egoísmo.
Zecar
Enviado por Zecar em 06/08/2005
Reeditado em 12/06/2016
Código do texto: T40663
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:36)
Zecar