Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prazer em conhecê-lo

Prazer em conhecê-lo

 Isto é uma formalidade dos homens educados. O certo seria “Será um prazer conhecê-lo!”, certo? Como vou afirmar que é um prazer conhecer um desconhecido? A garotada é mais correta: basta um “beleza?” e está feita a apresentação; ou ainda, com gestos simples como dar um” soquinho” nos dedos ou um” tapinha” nas mãos.
 Conhecer alguém é fácil, na internet então uma maravilha! O amigo virtual é o mais simples e o de menor esforço. Você pode ter mais de mil amigos ao mesmo tempo! Lembra-me a música do Rei “Eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar...” , será que ele tem 1 milhão de amigos no facebook? Na internet fica fácil ter amigos, no fundo a tua solidão vai aumentando na mesma proporção, cuidado! O isolamento leva a problemas sérios de convívio. Aí você vai ao bar tomar um chope com amigos e descobre que os “amigos” não largam o celular, ou melhor, te manda uma mensagem... Que situação... Os jovens estão ficando sós e abandonados, reféns da tecnologia da comunicação fácil... Estive com um amigo (velho como eu) e os filhos dele não falavam entre si sem dizer “já enviou a foto?” Ela curtiu??? Eu conversei com meu amigo, mas senti-me desamparado: não mandei uma foto para ele de um outro amigo comum, não mostrei aquela gostosa que vi e fotografei em outro bar, não mostrei meu gol favorito no campeonato e nem a foto engraçada da minha sogra descabelada! Fiquei só na conversa, nas lembranças, nas alegrias vividas e nos desmantelos da vida. Mas foi prazeroso reencontrar o amigo de anos atrás e repensar como serão esses encontros no futuro. Creio que sentaremos em um bar e um cubo mágico será colocado sobre a mesa e ficaremos admirando o tal cubo que, em cada lado, passará um filme de uma atividade sua que ele verá, por exemplo: uma pelada com os amigos, teu filho mergulhando na piscina com tua linda esposa sorrindo, a decoração do teu bar. Ele, te devolve o cubo dele com as escaladas que fez na últimas férias, a trepada que deu na última aventura sexual e o carrão que comprou... Vocês tomarão seus chopes e finalmente dirão: foi um prazer conhecer seu “cubo mágico”, darão um forte abraço e já deixam agendado o próximo encontro, de preferência daqui a muitos meses... Veremos-nos na WEB! Abraço!
FUI...
Roberto Solano
Enviado por Roberto Solano em 23/09/2013
Código do texto: T4494197
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Solano
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
312 textos (13526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/14 06:31)
Roberto Solano



Rádio Poética