Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não Leia!

Parece que você não entendeu. Acima está escrito não leia e você continua lendo? Nossa! Será possível! Quando alguém pede prá gente alguma coisa com educação devemos atender, não é mesmo? Você concorda? Se você concorda é porque continua lendo. Assim sendo concluo que você não concorda coisa nenhuma... Está bem. Não vamos brigar. Afinal este é apenas mais um texto. E você, com certeza, já leu centenas de milhares de texto pela vida, não é? Que mal vai fazer ler mais um? Só que este é um texto que não deve ser lido. Ninguém jamais escreveu um texto que não fosse lido. Eu queria ser o primeiro. Mas você não deixa. Aliás, pensando bem, eu também não deixo pois não consigo escrever sem ler o que escrevo. Assim sendo, somos dois lendo um texto que não deve ser lido. Pelo menos agora temos algo em comum. Somos dois teimosos. Insistimos em desobedecer. Jamais nos daremos por vencidos! Que ninguém venha nos dizer o que devemos ou não devemos fazer! A gente faz! Mas...e se fizermos errado? Bem...corremos o risco.  Você e eu, unidos na teimosia.
Conheço muita gente teimosa que se deu bem. Mas conheço também muita gente teimosa que se deu mal. A bem da verdade, estamos sempre tendendo entre o bem o mal. A gente faz tudo para se dar bem e às vezes acaba se dando mal. Por que será que isso acontece? Alguns intelectuais dizem que há uma sutil diferença entre ser teimoso e ser persistente. Dizem eles que os teimosos quase sempre se dão mal e os persistentes quase sempre se dão bem. Seríamos teimosos ou persistentes? Qual a diferença, afinal? Sabe-se que o teimoso é aquele tipo mariposa. Fica dando cabeça na lâmpada acesa até morrer e não muda de atitude. Ou ainda tipo mosca que fica chocando-se contra a janela de vidro até que suas forças acabem. Se fosse persistente, eis a diferença, armaria uma estratégia e conseguiria visualizar a pequena fresta mais acima e ganhar a liberdade. Em outras palavras o teimoso se deixa levar pelas emoções do momento e age sem pensar. O persistente raciocina..usa a inteligência. E a usa positivamente. Acredita que pode. Prepara-se e sai na busca de seus objetivos. Sim, porque o persistente tem objetivos, o mesmo não acontece com o teimoso.
Você tem objetivos? Se não tem deixe de ser teimoso e consiga alguns. No entanto saiba que quando se têm objetivos surgem também muitos problemas. Sério! Os teimosos não querem que você suba. Eles querem que você fique onde está ou desça mais um pouco. Não querem se sentir inferiorizados. Você liga prá isso?  Claro que não. Se ligasse teria interrompido a leitura no primeiro parágrafo.
Como começar? Em primeiro lugar pare de sonhar. Esqueça essa estória de perseguir seus sonhos. Sonhos são ilusões ou doce de padaria. Quem muito sonha dorme no ponto! É hora de acordar! Trace objetivos e divida-os em metas e submetas. Dê prazo para as coisas acontecerem. Nossa mente funciona melhor quando você estabelece prazo. Por exemplo. Se você diz que qualquer dia vai ler um determinado livro. Esteja certo que este dia jamais chegará pois para sua mente “qualquer dia” não existe no calendário. Esse “qualquer dia” jamais chegará, portanto o livro jamais será lido. Determine um prazo para seus objetivos. É isso mesmo...no plural. Objetivos! Você é inteligente demais para desperdiçar seu tempo com pouca coisa! Afinal, você leu o texto até aqui. Isto mostra uma pessoa determinada, curiosa e que não admite que mandem em sua vida. Assuma de vez o comando de seu destino e, acredite, você pode mais...muito mais!
Donizete Romon
Jornalista e palestrante
www.facebook.com/petecaeventos
Doni Romon
Enviado por Doni Romon em 25/09/2013
Código do texto: T4498137
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Donizete Romon palestrante). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Doni Romon
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
21 textos (1369 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/17 05:52)
Doni Romon