Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2014, O ANO QUE JAMAIS COMEÇOU

   Um estádio caiu ( e nem ficou pronto!). Outro estádio interditado (e ninguém sabe até quando!). Briga de torcidas e cenas de barbárie (e nada de concreto é feito!). Eis a Terra Brasilis!
   o ano da copa se aproxima. Obras para tudo quanto é lado! A Perimetral veio abaixo! O Ônibus e o trem e as barcas continuam no amasso. Filas para quem quiser e puder (aguentar). Eis a pátria desbundada Brasil!
   O ano de 2014 será um ano mais que interessante: ano de carnaval (como de costume), de copa e de eleições presidenciais! Se alguém parar pra analisar a combinação, terá como resposta a seguinte reflexão: 2014 existirá? Como mágica, pularemos de 2013 para 2015. Teremos um novo presidente (ou será presidenta?), teremos um novo campeão (ou os mesmos de sempre) e o carnaval terá passado, como muitos outros, e somente as fotos e os vídeos e comentários ficarão na lembrança (lembrança?).
   Os descamisados ainda verão em 2015 a fome e a dengue e a malária e a violência e a falcatrua e os altos e absurdos impostos e as obras, muitas obras. Afinal, em 2016 ocorrerá um fenômeno parecido, mas será sentido pelos cariocas...
CAMPISTA CABRAL
Enviado por CAMPISTA CABRAL em 10/12/2013
Código do texto: T4605928
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAMPISTA CABRAL
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
333 textos (8853 leituras)
1 áudios (50 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/14 19:51)
CAMPISTA CABRAL



Rádio Poética