Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Murphy um visionário.

"Como as coisas estão não podem piorar", foi um famoso ditado dito por um ditador que foi morto logo depois de dizer a frase. O que prova que ele estava errado. Ao contrário do dito daquele ditador as coisas podem sim, podem piorar, sempre.

Veja o caso da famosa e intocada lei de Murphy. Ela nos trás vários postulados que indicam uma constante deterioração de nossa sorte. “Se algo pode dar errado, dará” e com seu complemento infame logo depois “do pior jeito possível”.

Então eu diria para complementar que ao ler a lei de Murphy e olhar a nossa volta eu penso que ela é otimista.

Veja por ocasião de pura coincidência o que ocorre no nosso planeta. Puro acaso eu pegar esse exemplo, já que poderia falar de qualquer outro planeta do nosso sistema solar, que de fato estão bem piores que a gente. Neles não se acha nem uma bacteriazinha. Aqui nós as criamos em laboratórios.

Mas já que entrei nesse gracioso acaso eu vou comentar sobre nosso planeta. Pense bem, quando tudo está indo ruim a coisa piora. Ontem por exemplo eu saí de casa, naquele calor que só conhece carioca (e talvez alguns povos do Saara), e comecei a suar, a coisa ficou ruim quando eu peguei o ônibus lotado, piorou mais com os buracos que ele cismava em acariciar com suas rodas, e não parou de piorar com o engarrafamento, pessoas roçando em mim, o suor já tinha passado de puras gotinhas a verdadeiros filetes de dar inveja a qualquer vazamento de filtro de cozinha.

Não bastando o engarrafamento, o suor, os buracos, o roça roça, vi que pelo horário presente eu me atrasaria para minha querida aula na minha querida faculdade que tem tudo, menos duas coisas, aula e infra-estrutura.

Pelo menos tem Skol à 1,99. O que é raro de se encontrar pelas redondezas. Mas afinal quem bebe às 8 horas da manhã? Não sabe? O mendigo aqui da Oswaldo Cruz é um exemplo vivo. Passo as 7 e o indivíduo já troca pernas e confunde rua com calçada.

Mas nem tudo desce em direção do caminho dos piores. Algumas coisas ainda salvam um degrau ou uns segundinhos na descida. Algumas vezes chegando até ameaçar de frear a descida.

Nessas horas a lei de Murphy é comprovadamente ignorada, o que a comprova mais ainda, levando em consideração aquele lance da exceção da regra e tal.

O pior é que todas as pessoas que tomam consciência de suas velhices (o que não ocorre com todo mundo, veja por exemplo o caso desses coroas garotões, cheios de graça, dentaduras e jaquetas de couro) conseguem percebem, e tem cada vez mais a noção que antigamente era melhor. O que era melhor? A vida ora pois!

Se todos tem a ligeira impressão que antigamente era melhor, devia ser mesmo. O que confirma mais ainda a lei do tal Murphy. As coisas vão piorando sempre, até que se chegue a um nível de “pessimidade” ótimo. Daí a coisa melhora um pouquinho e bate seus próprios recordes e continua piorando.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 01/09/2005
Código do texto: T46858
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273037 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:53)
leandroDiniz