Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                    Outlookei 

                       Rosa Pena   


Para @ foi imposta a pena de morte sem direito de defesa. Afinal ela era só um ser virtual, enquanto o promotor da injustiça era pessoa de olho no olho do juiz. Amigos reais. Afinal se conhecem muito bem porque se viram cara a cara. Esse é o passaporte da fidelidade?
Ah, perdão! Esqueci-me que corações só batem quando já tocamos às mãos das pessoas no mundo real, não posso ficar emocionada. Sou apenas outra @.com. Não sei nada dessa fé, que pessoas se conhecem apenas pelo olhar, pensei que era pela conduta na vida.
Fé é vista a olho nu? Toca-se na fé?
Que estranho ruído é esse que ouço vindo de meu peito?
Tenho ventrículos? Tenho peito?
Ele era para ser virtual seu doutor imaginário!
Será que o HD pifou ou outlookei? Estranho mesmo é que Mara foi traída pelo marido de papel passado no cartório real e ele a traiu com a Vera, vizinha de porta de madeira de lei de um mundo sem, e todos os dias elas se olhavam. Estranhíssimo é que quem abraçou a Mara foi a Carmem @.com, que nunca viu seu olho! Maluco tremor que sinto nas mãos, perdão, no mouse, sou virtual havia esquecido, todas as vezes que me lembro que @ não teve direito algum de defesa, pois afinal ela não existe no tribunal de fato e direito, ela não é nada além de uma invenção sua Gates, ela como eu não tem mãe, só placa que se troca quando pifa. Não temos porque chorar perdas, afinal tudo se compra, se renova por aqui.
Bill como se troca um coração? O meu veio com defeito de fabricação, pois ele teima em ver pessoas atrás de um micro. Será que o Windows está com o prazo vencido e deixou registros antigos das palavras amor e amigo?

Abraços sem braços.
@.com 

agosto de 2005
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 06/09/2005
Reeditado em 25/10/2008
Código do texto: T48123
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1416340 leituras)
48 áudios (24765 audições)
33 e-livros (29000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:43)
Rosa Pena

Site do Escritor