Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRA FALAR A VERDADE....

Nós fazemos parte de uma elite minoritaríssima nesse país grande e bobo (Segundo Eduardo Almeida Reis). Sim, é ou não é - ou melhor, somos ou não somos - um país grande e bobo?

Mesmo elite pensante, nós que temos capacidade crítica, habilidade de raciocinar, pensar, questionar (não apenas ler, que é o que todos os alfabetizados conseguem fazer mas nem sempre entendem o que lêem; quer dizer, esses alfabetizados adultos, por exemplo... lêem mas não sabem o que lêem! - Mas isso é outra história!).

Nossos votos não são suficientes pra eleger gente realmente capaz e competente pra governar, legislar e julgar uma nação... Nós temos a capacidade de formar opiniões, esclarecer àqueles que não conseguem perceber a incompetência e enganação de tantos, a ponto de então, juntando nosso voto de minoria, com o voto "incompetente" daquela maioria (depois de devidamente esclarecida por nós), eleger quem de fato pode levar nosso país avante, com ordem e progresso práticos e não ideológicos ou utópicos... Ordem e progresso não numa bandeira vere-amarela e sim no dia-a-dia de cada cidadão que trabalha, estuda, educa os filhos...

Ah... Eu não assisto mais tv, não quero ver a cara do anão Severino e sua corja sem-vergonha... Não leio revistas pois não quero ver nem de longe aquele símbolo partidário vermelho e branco com duas letras que dão pra formar a palavra PuTo, referindo a cada ladrão que pilha nosso dinheiro... Não quero ouvir rádio que veicula gravação de voz do paulistano cínico que mandou pra paraísos fiscais dinheiro que deveria ter usado em obras públicas...

Sabem, se falarmos muito disso tudo e não fizermos efetivamente coisas a respeito, todo mundo vai ficar mesmo revoltado e acabará aceitando mais uma pizza...
Triste, mas verdade... Porque temos memória curta e muito, muito fraca...

Nada de mencionar as Teles, CSN, CVRD, Usiminas privatizadas "com ágio" comemorado! Pois não foi ágio e sim péssimo cálculo do que valeriam aquelas minas. Foram mal avaliadas, como minas de carvão quando eram minas de ouro (Os compradores sabiam, e ofereceram preço de ouro, e não de carvão pra tê-las!).

Nem falar de tantas CPI´s abafadas em eras anteriores a atual, quando o governo atual era oposição e fingia não ter telhado de vidro...

Deveriam voltar à época dos militares, e divulgar aquela linda campanha publicitária: "Brasil: ame-o ou deixe-o". Pelo menos era mais franco. Pra não dizer, honesto.
ana K
Enviado por ana K em 08/09/2005
Código do texto: T48840

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Karina Dutra - www.kaka-anak.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ana K
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (15876 leituras)
3 e-livros (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:37)
ana K