Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONTO DE CÃO

www.anak.com.br

O começo disto aqui, que você vai ler agora, foi porque eu me lembrei do Lulu... Um vira-latas que temos na casa de meus pais. Foi presente de um vizinho querido e amigo à minha irmã caçula. Mas o vira-latas fica entre nós, porque se o Lulu fica sabendo... Já se foi uma escritora! (amadora, eu sei, mas escritora com todas as letras!!).

Pela primeira vez comecei procurando a foto pra ilustrar o texto - o que geralmente só é feito depois que já escrevi tudo e só faltando mesmo postá-lo. Passeei pelo site de fotos procurando por "dogs". Deparei-me com cada figurinha que só vendo! Muitas, cada uma mais fofa, outras engraçadas, algumas feias... Todas deleitantes para as vistas! Arte. Foto, pintura, desenhos... Tudo arte! Assim como as letras, as palavras, as frases, os textos, composições. Enfim, encontrei esta foto aí, que ilustra este texto!

Fala sério! O Lulu não gosta de livros! Nem liga pra revistas espalhadas pra todo canto da casa... Não as pega, muito menos as rasga! Passa ao largo de todas! Que dizer então dos livros! A menos que estejam no chão, ele nem liga pra eles! Pois no chão é aquela oportunidade típida dos quadrúpedes latidores para carimbá-los com seu fedorento líquido amarelado! Se bem que livro nunca vai ser encontrado no chão da casa em que o Lulu mora!

Ih! Mas já desviei do assunto que eu queria falar! Até porque primeiro eu pensei em fazer-lhe uma poesia homenageativa... Mas acabou saindo esse texto quando vi a foto do cachorro dormindo entre livros... Ah, quem me dera o Lulu assim, amante de livros a ponto de entre eles dormir!!

Mas sabe qual é a do Lulu? Peraê! Tá faltando apresentar o Lulu. Ele não é somente o cachorro da casa. Ele é o centro das atenções de todo mundo naquele lugar-lar! O nome de batizmo do Lulu é Lou Lou. Coisa de irmã caçula fã do tal perfume (nem sei se ainda é!!). Já pro patriarca da casa, Lulu é o diminutivo de Ludwig von Au Au, o verdadeiro nome do cão.

Só que depois de tempos de convívio, o cachorro aprende que existe um tal "Delúbio" que deu de aparecer tanto na TV, ser mencionado em tudo quanto é jornal e telejornal e radiojornal dando fim a crise de identidade do cãozinho! Ele explicou ao "Seu" Lili (o patriarca da casa) que agora sabia qual o seu real nome: Delúbio! Podem imaginar a surpresa do Patriarca, o "Seu" Lili, ao ouvir aquilo do cachorro que há anos fora criado, cuidado, alimentado, atendido, bajulado, presenteado, banhado por todos com esmero e carinho... Identificar-se com tal cidadão (???) brasileiro?

Vê-se então que Lulu não é um cão amigo de livros, e sim de TV, das mais massificadoras possíveis!, a ponto de saber de Delúbio e sem escrúpulos adotar o nome para si... Ah, cachorrinho danado... Vai ver por isso, veio castigo dos céus: envolveu-se num "ataque terrorista" - segundo o próprio Lulu - que o trouxe de volta pra casa totalmente ensanguentado, esmigalhado, quebrado coitadinho! Ficou dias sem conseguir dormir, traumatizado... Disse ter visto os vagões de trens de Londres todos destruídos, sangue pra todo lado, gente em fuga... Mas sobreviveu heroicamente pra poder contar a história!

Agora, o Lulu, Delúbio, Ludwig ou Lou Lou (chamem-no como quiserem, desde que não critiquem o coitado de ser de Água Boa - segundo ele, se Bill Clinton é de "Pedrinha" e ninguém goza o Bill, então, que digam que ele é de Good Water ou então não falem que seja cachorro da roça!)

Bem, voltando a atualidade do Lulu: ele surgiu com uma novidade. Tem hipertrofia cardíaca! Mas esperto que é, já tranquilizou todo mundo: pode continuar tomando anestesia pra limpar os dentes e vai, sim, continuar vigiando a casa e passeando pela vizinhança quando lhe der na telha, afinal, negar a raça ele não vai, não!!


P.S.: Tive vontade de escrever sobre o Lulu porque soube que ele tem doença de coração e, apesar de ser muito irritante de vez em quando, a gente adora o Lulu e ri muito dele. E cá pra nós, tudo isso é verdade sobre ele. Embora não goste de livros, e assista muito TV... Ele é um cachorro esperto, que só vendo! Agora, a gente tem que ter cuidado porque o Lulu não pode ser contrariado, sofrer sustos e fazer muitos esforços... Coisas de coração (de cão!). Mesmo doente o Lulu nos faz morrer de rir!!

P.s. 2: Não postei a foto do Lulu porque ele não permitiu. Cobrou um cachê muito alto! Se alguém quiser patrocinar, é só entrar em contato, pois que então a conversa será outra ;)
ana K
Enviado por ana K em 13/09/2005
Reeditado em 20/10/2005
Código do texto: T50123

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Karina Dutra - www.kaka-anak.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ana K
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (15873 leituras)
3 e-livros (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 00:56)
ana K