Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORTE

                                                 
                                                         
Maliciosamente, sussurrando ao vento palavras odiosas que moribundo ouvia, sorrateiramente te aproximastes, exalando extranho e fétido odor, e,
e, sem nenhum sentimento de compaixão, sorristes horrendamente a beira de meu leito.

Olhei-te com olhos ardentes de febre, procurei repelir-te...em vão...te aproximastes mais...

Meus braços inertes desobedeciam aos movimentos por mim desejados,e,pendentes ao lado da velha cama, molhados de suor frio que cobria  e
fazia extremecer todo o meu corpo, desistiram da luta, tremendo esforço inútil.

Olhei-te...tremi.

N'um esforço e já exausto quiz falar-te, pedir-te...

Mas a súplica presa à garganta não se fez ouvir, só palavras ininteligíveis, gemidos.

Tentei gritar, mover-me, ah... mas nem chorar consegui, apenas duas lágrimas rolaram pela macilenta face.

Tu sorrias, com deboche, calma e nojenta, esperando o desfecho fatal.

Olhos esbugalhados pelo pavor, mãos inertes, ofegante, o peito palpitando, não queria crer que era chegada a hora, o meu dia...

Esperava-a, não assim, sózinho sem ninguém ao lado.

Não assim sem um último adeus, aos meus, sem um consolo final, uma réstia de luz no quarto ensombrecido.

Aguardavas, impassível,  e ironicamente te aproximastes mais.

Súbito gargalhastes horrivelmente, e sem compaixão colocastes o negro manto sobre mim, e, então o golpe fatal.

Silêncio e sombras se anteciparam aos gemidos terríveis e a tremenda escuridão.

Choros desconsolados, angústia reinante e repentinamente a completa solidão e no silêncio mórbido de meu quarto, vislumbrei tua sinistra
figura...sorrindo ironicamente ao ver-me suspirar lentamente,e minh'alma transpor o umbral eterno.
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 05/10/2005
Código do texto: T56891
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7710 textos (1652144 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:17)
Maurélio Machado