Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ TAMBÉM É CINESTÉSICO?

Acho que sou cinestésico (não confundir com cinéfilo). Mas não se preocupe, não é coisa grave. Quê? Você não sabe o que é isso? De acordo com a neurolingüística, nossa percepção da realidade se dá por três canais diferentes – visual, auditivo e (aí vem ele) cinestésico, referente aos sentidos.
Os visuais são aqueles que possuem memória fotográfica, que notam as cores, os detalhes, e até se expressam usando palavras concretas, que evocam formas e coloridos. Auditivos são os que guardam nomes e endereços, lembram-se de músicas e preferem ouvir aulas ou palestras. Os auditivos têm até um patrono, o poeta Olavo Bilac, o único que conseguia ouvir estrelas.
Cinestésicos são os que processam as sensações, lembram-se de toques, gostos, cheiros, emoções. Melhor explicando: ao cortar o dedo, o visual se impressiona com o sangue; o auditivo capta o ringir da faca na pele e o cinestésico sente a dor.
Nunca, em meus textos, consegui fazer uma descrição. O negócio não fica muito bom, não consigo visualizar os objetos ou cenários e sai apenas uma fiada de lugares-comuns. Também não tenho paciência para ler descrições em contos ou romances, normalmente passo por cima.
Para me lembrar de locais sou um desastre: passo todos os dias pelas mesmas ruas, mas não me perguntem se determinado prédio se localiza antes ou depois do semáforo.  O único objeto cuja cor trago na memória é o cinto vermelho de minha mãe, por motivos óbvios. Trauma de infância.
Logo se vê que não sou visual. Auditivo? Também não sou bom para guardar nomes. Às vezes, não sei se quem atravessou o Mar Mediterrâneo foi Maomé ou Moisés. Se  ouço um barulho de buzina de madrugada, acho que é alguém me chamando.
Mas não pensem que não tenho qualidades. Sou ótimo para observar comportamentos, ler expressões corporais, nada me passa despercebido. Posso dizer pra pessoa, após um jantar: não me lembro de seu rosto, nem de seu nome, mas sei que você detestou a sobremesa. Por eliminação, só me resta ser cinestésico.
Hilton Gorresen
Enviado por Hilton Gorresen em 23/07/2007
Código do texto: T576875

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hilton Gorresen
Joinville - Santa Catarina - Brasil
114 textos (66566 leituras)
1 e-livros (191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/12/14 23:08)
Hilton Gorresen



Rádio Poética