Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROFESSOR

PROFESSOR


     A simultaneidade de funções que o professor desempenha tem a característica que imaginamos nas funções dos heróis: educar, orientar, comunicar sem vislumbrar altos ganhos, notoriedade ou “minuto de fama”.
    Educar pressupõe relacionar-se com as pessoas  num equilíbrio harmônico.E obviamente não é fácil manter sempre tal equilíbrio diante das situações que se apresentam para esse profissional tão mal remunerado. O professor é o profissional responsável  pela iniciação de todas as outras profissões.A obrigação de um relacionamento afetivo e efetivo com superiores, colegas, alunos e pais de alunos sobrecarrega o corpo e a mente do professor  que tem de estar em consonância  nessa vinculação.O professor vive a cobrança de avaliar ao mesmo tempo em que é avaliado: em sua técnica de informar, de observar as falhas em suas próprias técnicas, as omissões do sistema e devolver essa colheita em termos de conhecimento profícuo.
    A validade do conhecimento é itinerante.O caminho da sabedoria estende-se indefinidamente rápido e exige que o professor recicle atitudes e idéias com a abertura exata para  acrescer-se com o saber produtivo.Tudo isso é feito num esforço extenuante para manter a dignidade que sua titulação encerra.
    O professor, agora mais centrado na posição de orientador de competências, necessita revisar  com consciência se o prazo de validade de seu conhecimento não está vencido.Esses atos de desmascarar-se e mensurar-se tão freqüentemente podem transformar-se numa estratégia mutiladora de sua capacidade se ele sentir-se minado pela incompreensão  de seus superiores e da comunidade  que ele desempenha suas funções.
    Isso costuma reverter-se como uma responsabilidade só dele. Como um  fraquejar, um    afrouxamento na manutenção de suas capacidades. Não é! Ele é um ser forte que pode ver seus objetivos evadirem-se caso ele não sinta que tem o respaldo de sua comunidade. Ele não pode é  se sentir  sozinho com  as dificuldades  que freqüentemente o circundam.O professor faz parte de um “coletivo”: escola e todos nessa comunidade estão encadeados  na mesma proporção.
    O professor está sempre em busca do tal de reconhecimento “gratificante” que não é só o salário, mas a afirmação profissional que o torna seguro e  insistente nessa carreira feita de amor e doação.
     O professor é um ser enorme carente do respeito que merece.


                                                                 JOYCE RABASSA


                                                                      joycerabassa@hotmail.com


joyce rabassa
Enviado por joyce rabassa em 08/10/2005
Código do texto: T57747
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
joyce rabassa
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
64 textos (1950 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:24)
joyce rabassa