Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do tempo (ou Discurso da Inação Humana)

Você acordou com o som da chuva, as gotas tilintando nos vidros da tua janela, o vento farfalhando os galhos duma árvore que há muito tempo estava no teu quintal. Você já quis cortá-la, pois na primavera ela atraía insetos, no verão ela não fazia sombra onde devia, no outono tuas folhas caídas enchiam o quintal, entravam dentro de casa, te davam trabalho, e, no inverno, secavam, davam um aspecto tão lúgebre a tua casa que estava decidido, a cortaria tão breve conseguisse. Mas os dias passaram, você sempre atarefado, os meses passaram, você tinha outras preocupações, os anos passaram, você envelheceu, e aquela árvore continou lá. Antes, o som dos galhos era temível aos teus ouvidos, mas hoje, eles são tua única companhia.
Fernanda Loyola
Enviado por Fernanda Loyola em 12/10/2017
Código do texto: T6140891
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Loyola
Salinas - Minas Gerais - Brasil, 19 anos
7 textos (90 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:32)
Fernanda Loyola