Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Imagem produzida no COREL por Trovador das Alterosas.


AULA DE MINEIRÊS, 01

 

     Povo brasileiro e poetas queridos do Recanto, entender à língua mineira é fácil, difícil é aguentar esta cara de pau do Trovador das Alterosas, onde já se viu... “Língua mineira”. Mas nós somos diferente, e como dizem que é por preguiça eu contesto, somos preguiçosos? Não! Somos diferentes por que temos pressa e economizamos nas palavras.

     Mas antes vamos explicar o que significa a palavra “UAI!”, simples, devido à abundância de ouro e pedras preciosas no estado, os estrangeiros vieram aos borbotões, para o Brasil e os ingleses passaram a explorar as principais minas de ouro, empregando para isto muitos dos nativos daqui e como eles estavam sempre se perguntando sobre tudo e a pergunta sempre era porque, o que? Obviamente o som era uai, os nativos começaram a usar o uai em tudo, para perguntar, para responder, como exclamação às vezes com pergunta e admiração quando via algo diferente e que não entendia. Assim Se expressava: Uai sô? Ou... Uai é? Se perguntar a um mineiro o que é uai ele vai pensar e responder, Uai? Uai é uai, uai.

     Outra palavra é trem, na verdade, isto começou com os mineiros que ficavam isolados na montanha e tinham de carregar os tarens, que virou “terens” era palavra usada pelos próprios portugueses para classificar todo o apetrecho necessário para se viver em acampamento, incluindo vasilhames e comida, “terens” definia o conjunto. Como os mineiros falavam pouco ou falavam sozinhos ou com as mulas, não usavam palavras difícil para não complicar, e cortavam à palavras para economizar. Assim “terens” se transformou em trem e designava tudo o que a pessoa não lembrava o nome no momento. Daí a comer algo que não se lembrava o nome e comer um trem, foi um pulo.


 
Obrigado Norma deste jeito o povo vai aprender mesmo a falar nosso castiço.


152084-mini.jpg
17/11/2017 13:55 - 
Norma Aparecida Silveira Moraes

/
Me vim de novo pra
Mode ver essi trem
Nas bandas do Catutu
Inté fala essa lingua
O povo buscano lenha
trabaiano na roça de mio
Plantano o arrois, tumém
vamo colhê muinto mio
pa mode ter cumida no praito
eta trem bão, vamu ter fartuira.

Para o texto: 
AULA DE MINEIRÊS, 01 (T6171972)


Mestre Judd deixou uma interação provando que ele é realmente poliglota, agora já falando sete línguas rsrs


140088-mini.jpg

18/11/2017 20:12 - 
JUDD MARRIOTT MENDES


Ser mineiro é comer quieto  o fim das palavras mestre,
Uai é Uai! Mineiro que é mineiro tem fome de sílaba
e deve ser por isso que guarda dentro da alma poesias inteiras.
Entre tantas letras embaralhadas, um vagão das ideias e versos,
só se perde e a coisa vira trem, ou o trem vira coisa.
É, o trem tá feio. mas não confundo Uai com Why!

Bela noite... abraços meus.

Para o texto: 
AULA DE MINEIRÊS, 01 (T6171972)

 
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 14/11/2017
Reeditado em 18/11/2017
Código do texto: T6171972
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Trovador das Alterosas
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2024 textos (82797 leituras)
13 áudios (730 audições)
6 e-livros (431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/17 14:13)
Trovador das Alterosas

Site do Escritor