Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Caros amigos:

Neste texto, transcreverei sem mudar uma vírgula se quer, o texto que vem a seguir. Por favor não tenham qualquer tipo de preconceito, ele fala por si mesmo. A surpresa guardo para o final. Ele foi escrito meses atrás. Mas é bem atual



“Temos muito que dizer sobre os problemas no mundo, e a desigualdade social é só parte disso. Tudo e todos foram criados pelo mesmo criador, vivemos no mesmo mundo e temos o mesmo amor de Deus. Mas há muitas interferências na busca de um mundo melhor. Há muitas guerras e preconceitos. E como podemos conserta-las?

A resposta está nos olhos de muitos, mas estes percebem que a deisgualdade social aumenta e acham que não há outra saída a menos que agüentem isso até o fim.

No universo existem 2 mundos. O mundo real e o mundo dos sonhos. Qual seria o mais importante?

A maioria das pessoas raciocina que é o mundo real. Também . Mas o mais importante é o mundo dos sonhos. E o que isso tem a ver com desigualdade e guerra? Bem, é que os outros acham que o mundo real é mais importante, então quer dizer que eles só se importam com ele. Por isso que os desentendimentos não terminam . Os outros só se importam com o que está acontencendo. Nem buscam a solução do problema. Para ter PAZ e igualdade social, precisamos saber valorizar e respeitar as idéias e os sentimentos dos outros, porque se amor der, só amor vai receber. As guerras começam quando quando um país quer as terras ou petróleo do outro país. Aí começa a encrenca. Emntão precisamos saber dividir, saber respeitar, saber amar. Devemos olhar para trás. Muitos tiveram tudo e acabaram na solidão. Vamos dar muito mais atenção para quem sofre na vida, porque a sorte disse não. Pratiquemos um pouco mais a solidariedade/ Só um ato maior faz o mundo melhor. É um alívio para quem vive na exclusão”


O texto acima foi escrito por minha filha de 10 anos, como parte de um trabalho exigido pela escola. Se para vocês foi uma surpresa, imaginem para um pai-babão como eu. O que mais me chama a atenção não é a qualidade da redação para uma criança de 10 anos, mas sim o envolvimento dela com o mundo. Conheço adultos que jamais chegaram perto de tal consciência social. Ela só pôde alcançar esse nível, porque além de estudante dedicada, nem minha esposa, nem eu, jamais oferecemos o “peixe” à ela, e sim lhe ensinamos a pescar. Por essa redação ( e isso que vocês não viram a letra dela, simplesmente maravilhosa!!!) minha filhinha já não precisa fazer mais nada para que eu me orgulhe dela. O desenho abaixo é da minha outra filha. Minha outra artista e ginasta (isso mesmo ela dá cada salto que mais parece a Diane dos Santos). O que quero mostrar com isso, é que sem educação estamos fadados ao fracasso total. Gostaria que esta carta chegasse às mãos do senhor presidente da república e se sensibiliza-se com tais argumentos e dedica-se mais tempo em construir um país realmente igualitário nas oportunidades do que ficar distribuindo cargos para satisfazer os egos dos abutres que consomem os recursos da educação. Porém temos que fazer nossa parte dentro de casa, incentivando a leitura, os programas culturais, o crescimento da capacidade de pensar. Incentivar os filhos é nossa maior missão. Achar que o estado é o único responsável transgride qualquer regra de bom senso…ainda mais tratando-se do nosso governo.

Agradeço a todas as professoras que tiveram participação decisiva na construção do caráter de minhas filhas. Agradeço aos avós que tanto tempo investiram para que elas criassem o hábito da leitura. Agradeço à minha esposa que sempre esteve atenta às lições de casa e tarefas escolares diárias. Agradeço por fim a Jacqueline Chloé e Alícia Raquel por serem filhas tão maravilhosas e dedicadas. Não sei se o futuro delas está garantido, mas diríamos que elas largaram na pole position do grande prêmio de Monaco. Agora é só manter o ritmo e vencer o Grande Prêmio da Vida.

Um abraço,


Miguel
JOSÉ MIGUEL DELGADO
Enviado por JOSÉ MIGUEL DELGADO em 24/08/2007
Código do texto: T621507

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (José Miguel Delgado - www.jmdelgado.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ MIGUEL DELGADO
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 56 anos
224 textos (35350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:57)
JOSÉ MIGUEL DELGADO