Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS

CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS

“Do escuro menosprezo da Terra, fez Jesus o caminho dos Céus.” (Emmanuel).


O trilhar da vida pode ser um desatino para nós seres humanos, sofrimento continuo, ou descontinuo, dependendo do potencial e paciência de cada um. As incertas pelas quais passamos as etiquetações, a depressão, o nervosismo só nos leva a um caminho, o pânico. O homem sempre procura uma motivação para esquecer os percalços do dia-a-dia, seja no futebol, no cinema, nos rachas, das noitadas regadas à bebida, mas sempre vai se debater de cara com um fenômeno, que se tornou trivial, a violência. Os reclamos da população soam no ar, mas ninguém de sã consciência escuta. Estamos desnorteados num emaranhado de atitudes vis e deletérias, como se fossem vírus operante destruindo as esperanças, porém a bonança nunca chega. Hoje de cabelos pretos, amanhã de cabelos grisalhos, entretidos nos afazeres diários não notamos o tempo passar, o sofrimento só nos vem à mente, quando começamos a manter um contato diário com o nosso fiel escudeiro, o espelho. Ele nos alerta, nos mostra que o tempo está passando, através das rugas e dos fios de cabelos brancos que começam a brotar em nossas cabeças. Aí surge uma série de medidas que devemos nos preocupar: pressão sanguínea, controle do colesterol, peso, sedentarismo, estresse e a solução mesmo tardia aparecem: as longas caminhadas e um controle mais rígido da alimentação, bem como uma limitação normal e balanceada e uma preocupação com o excesso do trabalho. Os grandes engarrafamentos, o cuidado com os filhos, as noites maus dormidas, as ressacas dos finais de semana, a discussão banal com os colegas de trabalho, os aborrecimentos na família, leva-nos direto e sem escala a uma síndrome que está na moda, a do pânico. Aliada à depressão deixa-nos fora de combate por muito tempo e as expensas das despesas com medicamentos.
Os programas televisivos recheados de violência e até mesmo a lavagem cerebral do dia-a-dia, que determinadas religiões nos proporciona chegamos a triste conclusão que tudo demais é veneno. A silhueta agora está na moda, não se mede a capacidade intelectual pelas experiências acumuladas e adquiridas, mas sim por um corpo esbelto e um rosto mais delineado e bonito. A inversão de valores graça na maioria das profissões. O QI se transformou de inteligência, para o quem indica. É uma tristeza que se metamorfoseou em verdade. Mostrar a nudez masculina e feminina virou comércio regado a dólares e a euros, aos menos favorecidos os sabores, as delícias do real tomam a mesma conotação. Falar de real, ele virou frutos de ambições políticas, não de todas, mas de uma maioria de políticos desonestos. Presenciamos no decorrer dos tempos vários descasos contra a população sofrida, menos aquinhoada e até estropiada, pois lhes faltam saúde, educação e segurança, a trindade onde a maioria dos políticos assenta suas campanhas em época de reeleição. A reeleição não deveria existir, já que sempre vira “(faca-de-dois gumes)” e. o porquê ser político não implica em ser profissão. Com essas anotações vamos iniciar a nossa velha decupagem do ciclo de nossa vida diária. Carga tributária: cobrança de imposto bate recorde com 34,2% do PIB (Produto Interno Bruto) – Impostos elevados e desorganização tributária são apontados como entraves ao crescimento. Polícia: morte no Metrofor (Metrô de Fortaleza) um operário morreu e quatro ficaram feridos quando um caminhão-betoneira virou, visto que o piso não suportou o peso do caminhão. Informalidade cai quase 10% na capital. Bolsa Família atende a 25% dos brasileiros – com essa famigerada bolsa muita gente não quer mais trabalhar e sim bebericar. Mau uso da buzina irrita e rende multa, causa poluição sonora. PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), deputados reclamam a exclusão do Ceará, essa é a vontade de Lula caros deputados. Em todo Brasil faltam médicos e sobram filas. Vida difícil: dois Pms ficam feridos no serviço de policiamento da capital e região metropolitana. Fraudadores de contas bancárias pela Internet são presos em Fortaleza. Paulo Henrique da Cunha Vieira, o “furacão”, 28 anos e Rafael Gomes Vieira foram capturados por equipes da Polícia Federal. Marcos Rogério Morais um dos mentores do roubo ao Banco Central em Fortaleza é preso no litoral paulistano. Realizado em Fortaleza, o primeiro congresso que reúnem policiais e bombeiros de todo o Brasil. Pousadas são as preferidas dos traficantes de maconha e cocaína. Filho de Khadafi planeja Constituição. O filho mais velho do dirigente libio, Muammar Khadafi, esboçou dia 20 último, os pontos principais de um projeto constitucional. Presidente do Irã visita Azerbaijão. Muhmud Ahmadinejad defendeu, em sua primeira visita a Baku, o fortalecimento dos vínculos entre seu país e o Azerbaijão, país vizinho. O Azerbaijão, de maioria xiita, rico em petróleo e gás, encontra-se entre a Rússia e o Irã. Novo panorama das artes – os interessados em participar da XIV Unifor Plástica têm prazo para fazer inscrição. O menino e seu tambor – O cineasta sul-africano David Hickson faz em “Uma Jornada de esperança”, pugente e emocionante exposição da devastação da África pela Aids. O tema complexo, no entanto, é tratado como o maior bem do ser humano. Correspondências transcendentais, herdeira da tradição de grandes flautistas do Brasil, a paulista Lea Freire se consolida na seleção dos instrumentistas contemporâneos brasileiros em “Cartas brasileiras” (Maritaca). Morre um dos criadores do Teatro Transcendental. Foi enterrado, ontem, em Belém o ator e diretor, Flávio Serra, um dos precursores do Teatro Transcendental no Ceará.
Para além da xepa – ente os muitos saldos da VI Feira da Música de Fortaleza, um poderá trazer frutos mais consistentes para dezenas de músicos no Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte: a caixa Esquina do Brasil. No Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte a Carnaúba gira mais de US$ milhões de dólares. Carga tributária é a maior da história do País. Medo está em terra: aeroporto de Fortaleza em estado de alerta. Cercado por residências, o aeroporto de Fortaleza tenta administrar série de problemas. Casa própria, luxo, miséria e realidade. Diagnóstico de dengue hemorrágica deve mudar. Divisão anti-sequestro desarticula 30 quadrilhas no Ceará. Duplicação da Br 222 começa neste ano. Falta ação no interior e desertificação avança no Ceará. Ceará imuniza 893 mil crianças contra poliomielite. Reflexo da economia. Seguro-desemprego no Ceará - paga R$ 183 milhões no semestre, surgem 6,3 mil novas vagas de emprego e o melhor índice desde julho de 1998, a indústria foi o setor que contratou mais. A miss Paraná, 2003 Elaine Lopes, de 24 anos morre em acidente de carro na Br-376, no interior do Estado. “Cocaína – tráfico no Ceará: o Estado entrou na rota da ‘máfia nigeriana”. Crise sobrecarrega Hospital do Coração em Messejana. 16% dos jovens entre 14 e 17 anos bebe em excesso, pesquisa feita pela Secretaria Nacional Antidrogas.  STJ (Superior Tribunal de Justiça) mantém barracas na Praia do Futuro. Açude do Castanhão no Vale do Jaguaribe provoca medo entre moradores em Nova Jaguaribara-Ceará. Acuado, Renan manobra para salvar mandato. Gripe aviária uma nova ameaça. Sertão Central – memória do cego Aderaldo terá museu histórico. Patriarca dos cantores nordestinos, cego Aderaldo terá sua memória e acervo material preservados. Estradas federais continuam em péssimo estado e governo faz ‘vistas grossas’ e os acidentes aumentam em escala fenomenal.  O mundo, substancialmente considerado, é o Paraíso que jamais se distanciou de nós outros.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E ACADÊMICO DA ALOMERCE



Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 27/08/2007
Código do texto: T626170
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2253 textos (821745 leituras)
1 e-livros (164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:45)
Paivinhajornalista