Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Carta de Amor - Cancelamento
 
Estou escrevendo porque preciso cancelar nosso amor.
Eu hoje fui receber meu dinheiro no banco
e me certifiquei que num dá mais.
Você num quer vir fazer amor aqui no puxadim 
porque tem asma
e a poeira daqui, te deixa péssima.
Tudo bem.
A gente num pode fazer amor no carro porque 
artrites, osteoporose, cãibras, 
estão deixando nossas juntas duras.
Tudo bem.
Na sua casa num é possível, porque a vizinhança te controla e você diz que eu grito muito.
Tudo bem.
Atrás do muro nem pensar, porque tenho 
alergia a picadas de insetos.
Só nos restava então aquela deliciosa saída mensal,
mas fazendo as contas, não dá mais.
Taxi de ida e volta.............................R$ 46,18
Você odeia viajar de ônibus, e o metrô num 
pára onde a gente quer.
Almoço, Água, e meia cerveja...........R$. 28,15
Tem os almoços executivos, mas com essa 
gastrite, melhor à la carte.
Um comprimido de Viagra avulso.......R$.32,13
Imprescindível
Diária do Motel, (3 horas)...............R$.69,69
Imprescindível
5 caixas de camisinhas……............…..R$ 35,45
Desnecessárias, mas você com essa mania doida de fazer
tudo ao contrario, fica assoprando, 
enchendo bexigas o tempo todo.
Um pacote de fraldas geriátricas....R$ 27,18
Necessárias, pois a gente nunca sabe o que nos espera.
Um buquê de margaridas ................R$. 24,99
Necessário, porque além de enfeitar, dá um clima romântico e a gente pode brincar de bem-me-quer, mal-me-quer com as pétalas caso o Viagra seja paraguayo.
Agora depois de tudo somadinho, mais o aluguel do puxadim, água, luz, internet, marmitex, 
gumex, e outros ex...
tirado a prova dos nove, e subtraindo
da minha aposentadoria rabacué de R$ 399,99 
te pergunto:
- Dá pra gente fazer amor?
Augusto Servano Rodrigues
Enviado por Augusto Servano Rodrigues em 30/08/2007
Reeditado em 30/08/2007
Código do texto: T630302

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Servano Rodrigues
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
156 textos (50589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 03:42)
Augusto Servano Rodrigues