Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verdades do amor

VERDADES



Como admitir que não temos medo ante um grande amor que semelhante a um viajante inesperado bate a nossa porta?
Como não se encolher, recolher-se  a não querer ouvir nossos próprios pensamentos, ante a força avassaladora de um sentimento que dentro de nós toma proporções arrebatadoras e pode nos tornar escravos de suas ações e situações permanecendo em nossas mentes e corações mudando toda a concepção  que temos da vida e das pessoas.
Se esse amor, ainda for difícil de ser vivido, que tenha que roubar momentos, e como ladrões na noite escura, sorrateiramente procurar lugares onde não possa ser visto e ouvido,  se consegues sorver o gosto suave desse amor.  E se ainda mais, esse amor não podes sempre estar junto de ti, que tenhas asas fortes, que possa voar para mais longe que suas vistas possam alcançar, e que nesse voar, haja outras aves, que também procuram suas asas para se completarem, ainda sim, se continuas confiante e seguro, estás vivendo realmente um grande e verdadeiro amor.
Se não te importas o quanto dure...e que seja eterno enquanto durar... e que na madrugada silenciosa, acordas só, mas na certeza que este amor estás contigo e que o amanhã o trará, assim como, trarás o sol radiante e fulgurante  creias é um grande amor....
Se esperas ouvir apenas uma palavra que lhe dê a certeza que este amor existe de fato e direito, se esta palavra ainda não lhe foi dita, mas acredita que ela está germinando, e como a flor se abre em botão para depois  desabrochar com toda a sua beleza, ainda que nesta rosa haja espinhos, e que esses espinhos não lhe perfurem a mão, acredites é um grande amor...
Mas se te preocupas por onde andarás teu pássaro sagrado, se andará com outra ave, que  árvore  irá pousar, que   céu percorre em seu voar, e que horas ouvirás teu canto suave, fica atento, busque a segurança que não tens,que você não consegue encontrar em ti mesmo e procure outras aves que como você cantem a mesma melodia...saibas que não está pronto para viver esse amor...


   Gilmar
                         Manhã de 27 de agosto de 2003
Gilmar Santos
Enviado por Gilmar Santos em 31/08/2007
Reeditado em 19/03/2008
Código do texto: T631950

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Santos
Planaltina - Distrito Federal - Brasil, 59 anos
696 textos (113583 leituras)
53 áudios (5041 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:36)
Gilmar Santos