Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivemos para o outro

Amar simplesmente, ou seja, ir amando. Querendo o mágico sentimento no coração. Não ser displicente no amor. Não deixar passar nenhum momento. Cada olhar na direção do outro. Um par. Um atrevido olhar. Marcação de pés. Tudo é lindo quando estamos perto do amor. Não há dinheiro, nem carro novo, nem aquele jogo de sala, um quadro novo, uma viagem à Nova Yorque. Um passeio pelo Cristo Redentor, no Rio, nosso belíssimo Rio de Janeiro. Com nosso amor. Comer cachorro quente, na ponte Hercílio Luz, em Florianópolis nos bons tempos. Sentar na praça. Poder tocar seu rosto livremente. Saudade sentimos na separação. Como menino sonha. Ouve a música. Sente o perfume. Enche os olhos de lágrimas. Disfarça segue adiante. Refeito para novo e necessário amor. Sem o que, nada tem sentido. Nem de se levantar. Cortar a barba. Tomar café. Vestir uma roupa. Qualquer manifestação do ser humano, mesmo inconsciente está fazendo para o outro.

atanazio mario fernandes Lameira
Enviado por atanazio mario fernandes Lameira em 25/10/2005
Reeditado em 26/10/2005
Código do texto: T63565
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
atanazio mario fernandes Lameira
Laguna - Santa Catarina - Brasil
364 textos (12407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:44)
atanazio mario fernandes Lameira