Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DESTINO

Passam pelas minhas mãos diariamente centenas de portas automotivas que pouco a frente da linha de montagem final completam novos carros que vão para o mercado interno ou para a exportação!
A cada conjunto de portas que passam por mim e que sou responsável por uma parte da montagem, azuis, brancas, pretas, vermelhas, cinzas, creme, entre outras cores... fico a imaginar o destino de cada veículo que logo nascerá.
Imagino o comprador, a compradora de cada carro, muitos comprarão o carro para o trabalho, outros para passear, alguns para levar os filhos à escola, outros comprarão para dar de presente a alguém.
Quão diverso será o destino de cada veículo que ali vejo nascer.
Continuo pensando nas alegrias que cada carro proporcionará ao seu dono, a sua dona... nos lugares que irão conhecer, nas centenas, milhares de quilômetros a ser desbravado! Rodarão por estradas lindas, bem conservadas, outros sofrerão com buracos e todo tipo de dificuldade.
Conhecerão muitas cidades, muitas praias, muitas estradas.
Alguns  sei, jamais sairão da cidade, envelhecerão com seus próprios donos e quem sabe na velhice serão vendidos ou até mesmo abandonados.
Imagino também o triste destino que muitos terão nas mãos de bandidos... indefesos serão refém juntamente com seus donos e na maioria das vezes incapacitados, involuntariamente serão obrigados abandonar aqueles que com tanto carinho, amor cuidavam de si, lavando, encerando, lubrificando para obedecer os comandos do mal.
Então dirijo os pensamentos ao nosso Pai Celeste pedindo proteção e felicidade a cada um destes carros que por mim passam diariamente, para que seja apenas instrumento de alegria, de amor e de trabalho!
E continuo absorto em meus pensamentos traçando um paralelo com a vida humana, com o destino de cada criança que chega a este mundo.
Todas nascem, necessitam do mesmo tratamento, cuidado, depois cada uma segue seu destino, muitas se cruzam pelas estradas da vida, mas o destino de cada uma destas vida ninguém jamais saberá!
Muitos irão pelas estradas do bem, irão ajudar a construir um mundo melhor, muitas serão oprimidas, outras opressoras.
Quão misterioso e imprevisível é o nascimento de um novo ser, de um "objeto", de uma "criação".
Principe Estelar
Enviado por Principe Estelar em 02/09/2007
Código do texto: T635898
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Desde que cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Principe Estelar
Suzano - São Paulo - Brasil, 67 anos
110 textos (10948 leituras)
20 áudios (2856 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 02:54)
Principe Estelar