Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE VERÃO


                  Ronaldo José de Almeida

Na manhã de sábado, resolvi sair para comprar o jornal, estava interessado em jornais do Rio de Janeiro ou de São Paulo, e sabia que só encontraria os jornais do dia anterior, sexta feira, uma vez que os exemplares somente chegam ao final do dia, devido o transporte aéreo.
No trajeto passei pela barraca do Raimundo e parei para tomar água de coco, enquanto bebia a pequenos goles, saboreando aquela maravilha da natureza, ouvi uma voz familiar pedindo também um coco.
Imediatamente virei-me para confirmar o que eu já sabia, ali estava radiante como o sol, em pessoa, ela a minha musa Adriane Galisteu.
Ela montava uma bicicleta, vestia um conjunto de saia e blusa azul claro, de cabelos soltos, sandálias de borracha, completamente á vontade e bastante simples, contrastando com o luxo que acostumei a ver na televisão.
Imediatamente recebi o coco que o Raimundo lhe estendia, antes, porém  o enxuguei, para depois lhe repassar.
Educadamente ela agradeceu e ficamos ali, lado a lado tomando água de coco.
Perguntei-lhe onde estava hospedada, tendo ela respondido.
- Estou hospedada no Itacaré Resort, chequei ontem.
- Muito luxuoso aquele Resort, está gostando?
- Estou adorando, aqui é natureza pura, e encontrei a paz, o lugar é simplesmente maravilhoso, mas ainda não visitei nem uma praia. Não fui ainda a lugar nenhum.
- Olhe Adriane, se você quiser posso lhe ciceronear, conheço bem a região, venho aqui há muitos anos, e tenha certeza de que terei enorme prazer nessa tarefa.
-Que bom, aceito com alegria, que tal amanhã bem cedo?
-Para mim está ótimo.
-Então estamos combinados, amanhã lá pelas 7 horas, certo?
-Certíssimo Adriane, passo no resort bem cedo.
Minha musa beijou-me levemente na face, montou á bicicleta e saiu fulgurante, retornando ao seu passeio.
Aquela noite nem dormir direito, não parava de pensar na loura maravilhosa e no passeio programado.
Ás 7 horas já estava á posto na sala do Resort, como conhecia os funcionários fiquei por ali conversando até que a Adriane chegou, estava mais linda ainda, trajando um mini short branco com a blusa amarrada e entreaberta deixando transparecer parte dos seios.
Trazia consigo uma cesta de virga entrançada, com tampa e na outra mão um bonito chapéu de palha com motivos marinhos.
Cumprimentou os funcionários segurou a minha mão e praticamente me arrastou para o carro, nem preciso dizer que tal gesto me encheu de orgulho e deixou os funcionários do resort admirados e logicamente mortos de inveja.

Entramos no meu jipe amarelo, ano 1.951, verdadeira pérola e partimos, rumo às piscinas naturais do Papa Gente, localizadas entre os recifes de corais, parecem aquários naturais onde pode ser visto várias espécies de peixes, corais e crustáceos.
Durante o trajeto fomos conversando sobre a cidade e a região.
-Estou encantada com tudo isso. Que maravilha. disse a loura.
- Governo do Estado da Bahia está investindo em Itacaré, construindo estradas e melhorando a infra-estrutura da cidade.
Durante muitos anos, o acesso difícil - mais de 50 km de estrada de terra - manteve Itacaré fora do tempo. Em 1998 foi terminada a estrada de asfalto que liga Ilhéus a Itacaré, trecho da BA-001, fato amplamente divulgado pela imprensa nacional.
A cidade conservou todo o charme do passado. Suas praias ficaram intocadas. Itacaré continua sendo o refúgio dos amantes da natureza, do surf, da capoeira e da Bahia autêntica.
Muitos bares e restaurantes fazem da noite de Itacaré uma das mais animadas da região.
- Estou impressionada! você realmente conhece a historia da região.
Chegando a praia, Adriane logo procurou um local mais a sombra, tirou a roupa ficando somente de biquíni, chamando á atenção de todos os presentes, tanto pelo o corpo escultural quanto pela sua fama.
Não faltaram admiradores a lhe pedir autógrafos e permissão para fotografá-la.
Aos poucos foram dispersando-se, e podemos usufruir um pouco de tranqüilidade.
A minha musa nadava maravilhada na piscina natural, misturando-se com os peixes.
Ao meio dia aproximadamente fizemos um pequeno lanche na barraca local, e á sombra natural provocada pela montanha, descansamos um pouco.
O aparelho de som estava ligado na FM de Ilhéus e tocava o hit  “I Cant Stop Loving You”,  na voz inconfundível de Ray Charles, criando um clima romântico enternecendo a Deusa Loura que me ofereceu seus lábios.
Depois desse beijo Adriane passou a me chamar de amor e andávamos abraçados, era a realização de um sonho.
Ao cair da tarde com a praia já vazia, ainda permanecíamos na piscina natural entre beijos e abraços e o clima era de total romantismo, de repente Adriane começa a despir-se e a olhar-me fixamente com seus belos olhos azuis, ajoelhou-se, abraçou-me e em seguida já completamente nua puxou-me para a toalha estendida na areia.
Ato contínuo ouço batidas na porta do quarto, era meu cunhado Reginaldo chamando-me para assistir ao jogo de futebol na televisão.


                                       ****
RONALDO JOSÉ DE ALMEIDA
Enviado por RONALDO JOSÉ DE ALMEIDA em 06/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T641231

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RONALDO JOSÉ DE ALMEIDA
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil
391 textos (152370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 23:26)
RONALDO JOSÉ DE ALMEIDA