Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha promessa.

Eu juro, com esse texto, que serei feliz, infelizmente, ou felizmente, sem você.

"Por quê?!?
Sentir esse sangue que queima meu corpo por dentro…
Por quê?!?
Ter que te ver nesse momento...

Por que assombras minha vida?!?
Por que me prendes a essa ilusão?!?
Por que não me soltas de uma vez?!?
Por que tenho que viver esse terror que chamas de amor?!?

Eu... eu...desejo escapar...desejo viver!
Quero viver, VOU VIVER!
Você não irá mais me prender!
Lutarei até o fim, sem me render!

Venhas! Pois sou imune a você.
Venhas! Pois dessa vez, não terá o mesmo efeito!
Venhas agora! Nunca mais me machucarás!
Eu prometo... NUNCA MAIS ME MACHUCARÁS!

Com minhas mãos tremulas, e lagrimas no meu rosto...
Olhando sua foto com desgosto...
Odiando aquele que eu fui...
E meu passado... NÃO EXISTE MAIS!

Grito, pois a barreira do som me libertará!
Perdi minha liberdade, perdi minha vida, por tua causa!
Prendes, brincas, e tentas me destruir por dentro, mas...
Dessa vez, não mais!

Não me arrependo do que fiz, mas me arrependo por não ter visto enquanto era tempo.
Mas agora, sombra que destruiu parte da minha juventude... Terei minha vingança.

Você já é passado, de um fim aceitável.
Você já faz parte, de um fim terminado.
Você já foi tarde, em uma noite sem fim.
Você já não faz parte de uma história.
Você já foi e que não mais volta.

Eu não quero mais você.
Quero me libertar de você.
E vou lutar por essa liberdade.

Pois eu serei feliz."

                                    Leirbag Beouve  8/9/07
Gabriel Prado
Enviado por Gabriel Prado em 08/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T644354
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Prado
Santo André - São Paulo - Brasil, 26 anos
49 textos (2408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 20:24)