Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah! Eu queria ser criança!


Eu queria ser criança para expressar Deus em mim!
Eu queria ser criança, para enxergar o mundo com a ternura pura e singela deste ser, descobrindo um mundo sem maldade, sem disputa e competitividade.
Eu queria ser criança, para amar a todos com a fragilidade de um ser tão puro e calmo que depende de tudo.
Eu queria ser criança, para expressar a verdadeira alegria que brilha num simples sorrisinho sem rancor barganha ou qualquer sentimento que não seja o amor.
Eu queria ser criança, para poder alegrar os adultos com as minhas feições puras e com o brilho de um rostinho alegre, que para mim o futuro não existe ainda.
Eu queria ser criança, para mostrar que a inocência a pureza, amor e todos sentimentos não podem ser absorvidos e perdidos pelo cotidiano.
Eu ainda queria ser criança, mesmo sabendo que 8.000, morrem ao dia no mundo simplesmente por não ter o que comer. E elas ainda continuam expressando a Deus!
Eu ainda queria ser criança, mesmo sabendo que elas são exploradas no trabalho infantil, na prostituição e todas as atrocidades que elas tem sofrido pelo mundo. Elas continuam expressando a Deus!
Ser criança é ensinar aos adultos que o caminho para a humanidade está na simplicidade do amor, na ternura e pureza desses corações, na esperança de crescerem em um mundo que seja um pouco melhor e de oportunidades para sobreviver.
Ser criança para amar o próximo podendo dividir as minhas “Balas e guloseimas” sem egoísmo sem individualismo, mas com o amor de um coração puro e simplesmente bom.
Ser criança para ter Deus em mim, e poder dividir desse Deus com todos que me enxergam e estão ao meu redor.
Ser criança para com um sorriso, trazer vida às pessoas que não amam mais ou não encontram esperanças em nada, porque as crianças ainda expressam a Deus.
A inocência da criança nos mostra Deus, e nos faz refletir sobre as coisas que valem a pena neste mundo, onde o adulto domina o outro para matá-lo, eu queria ser criança! A criança traz a alegria que foi ofuscada por este mundo, selvagem de lutas desiguais, conquistas desonestas.
Ah! Eu queria ser criança, para ser digno do Reino dos Céus como disse Jesus, que se revelou a nos como uma criança que amará seus próprios inimigos, porque não os enxergava como inimigos, mas simplesmente os amava!
Ser criança para mostrar Deus ao mundo, e representá-lo com sentimentos que todas as crianças tem no coração, mesmo sofrendo tudo o que tem sofrido, o amor puro e verdadeiro, a esperança simples e sonhadora e a pureza limpa de uma criança.
Ser criança é amar, confiar e acreditar sem medo de nada, porque a dependência delas está nEle que nos fez irmãos.
Ah! Eu ainda quero ser criança para amar como elas amam!

Fábio Beltrame
Beltrame
Enviado por Beltrame em 12/09/2007
Código do texto: T649531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beltrame
São Paulo - São Paulo - Brasil, 41 anos
46 textos (11127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:57)
Beltrame