Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma feminina

Nós mulheres vivemos eternamente procurando aquele homem ideal, perfeito- O homem que povoa nossos sonhos, que passeia entre as árvores do bosque de nosso conto de fadas.

O problema é que nossa essência feminina tão pura, mas ao mesmo tempo tão cheia de artimanhas... Com seus caminhos irregulares que acabam por formar um imenso labirinto em nossa vida, não nos deixa enxergar a genuína realidade... Porque preferimos sofrer com o ilusório á cair no abismo da dura realidade.

Não queremos encarar a verdade e assumir que esse ser tão perfeito que procuramos, esperamos... Nada mais é que o reflexo de nossa alma- O espelho que traduz de forma redundante os sentimentos mais profundos que habitam nosso ser.

Sim, a verdade é essa! Idealizamos alguém que desejamos que possua tudo que somos!

Vivemos sendo essa mescla de vários EUS em um único corpo.

Jamais conseguiríamos nos auto definir em apenas um aspecto, pois sempre seremos uma mistura homogênea de opostos- E esses se exaltam muitas vezes em momentos errôneos , onde o que precisávamos era simplesmente ser o revés do que somos.

Que mulher poderá gritar firmemente dizendo que já é uma MULHER?

Pode até tentar, mas será apenas uma supérflua palavra desnuda de seus reais sentimentos.

Pois todos nós jamais conseguiremos ser apenas uma MULHER.

Seremos sempre um pouco do que um dia já fomos, do que hoje somos e do que um dia seremos!

Debora Cavalheiro
Enviado por Debora Cavalheiro em 13/09/2007
Reeditado em 08/09/2010
Código do texto: T650636
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora Cavalheiro
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
234 textos (18983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:09)
Debora Cavalheiro