Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não faço planos

Dizem que temos que planejar nosso dia. Devemos chegar no nosso escritório com os planos de fechar contrato com clientes suficientes para bater sua meta mensal. Chegar na escola com os planos de conseguir tirar dez na sua prova bimestral. Chegar em casa com os planos de não brigar com ninguém e fazer tudo certo.
Eu não tenho paciência pra isso. Eu não faço planos, eu traço ideais é diferente. Sei o que quero e pra mim já basta. Por que vou perder meu tempo fazendo planos que eu não sei se vão dar certo. Um vez fiz um teste, desenhei um porco e pelo porco minha amiga disse que eu sou uma pessoa insegura, que não sou perfeccionista, mas também não aceito qualquer coisa e que minha sexual não é lá aquelas coisas.
Geralmente o que planejamos não acontece, por isso morro de medo de planejar meus sonhos e minhas conquistas. Morro de medo de não conseguir, gastar o resto da minha vida tentando sem chegar a lugar nenhum. Essas palavras um dia serão citadas e meu nome será lembrado, mas não quero pensar que isso é um plano, é só um desejo. Um dia o Jô Soares vai me entrevistar. Um dia o mundo vai saber meu nome. Um dia eu vou ser famoso. Ah, eu quero isso pra mim, mas não quero fazer planos para isso. Vejo tantos casos de pessoas que tentam a vida inteira conseguir o mínimo de fama e não conseguem, passam vinte, trinta ou a vida inteira tentando, até que chega uma hora que desencanam daquilo e acabam se culpando e achando que se não aconteceu não era para acontecer.
Se isso acontecer comigo, vou me sentir o ser humano mais frustrado da face da terra. Nunca conseguiria olhar pra dentro de mim e conviver com essa culpa. Eu ia me odiar. E olha, estou com 18 anos, sou novo e acho que o tempo já passou demais e que esperar agora é besteira.
Outra coisa que as pessoas gostam de fazer e fazem sem se dar conta é cuspir pra cima. A verdade é uma só, vai cair na sua testa. O mundo dá voltas, as pessoas se surpreendem e são surpreendidas. Nunca fale “nunca”, é a pior coisa que você faz eu garanto. As vezes pode até certo, mas não funciona por muito tempo, é inevitável.
Por isso não trabalho com planos, eu trabalho com o acaso.
Gustavo J Barreto
Enviado por Gustavo J Barreto em 15/09/2007
Código do texto: T653681
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo J Barreto
Mauá - São Paulo - Brasil, 28 anos
88 textos (15732 leituras)
1 e-livros (36 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:19)
Gustavo J Barreto