Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Velha do Saco "Véi"

Um dia estava seguindo para Fortaleza, num ônibus, como de costume. Até que no Novo Maranguape, subiu um senhor já idoso, cheio de sacolas de um mercantil. Ele sentou-se numa daquelas cadeiras mais altas, na parte da frente do ônibus, bem ao lado de uma senhora já bastante idosa. E ele ficava direto, mexendo nas sacolas, colocava uma dentro da outra, tira novamente e mexia. Poucos segundos depois, ela levanta de lá e senta bem ao meu lado. - Eu detesto esse negócio de saco “véi”. - Disse a mulher. - Pense que é uma coisa que eu tenho abuso é esse negócio de saco “véi”. - O pior é que ela ficou resmungando durante muito tempo (Eu queria dormir). E até que concordei com ela. - Realmente, é muito chato esse negócio de sacos, ficam fazendo barulho, só perturbando. - Ela concordou comigo e completou. - Só servem pra perturbar a gente esse negócio de saco “véi’. - Neste momento ela olhou pra mim fixamente. E perguntou: - Você tem menos de trinta anos né? - Eu repondi que sim, que tinha 27. E ela: - Ah que bom... porque eu detesto esse negócio de "saco véi".
Lauriston Trindade
Enviado por Lauriston Trindade em 15/09/2007
Código do texto: T654023

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor e link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lauriston Trindade
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
45 textos (17263 leituras)
2 áudios (93 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:45)
Lauriston Trindade