Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMA

LÁGRIMA
EU ando tão sozinha que nem sei mais escrever. Só a dor de uma saudade mora em meu viver. Em mim você. Nada é mais doído do que chorar sem ter o abraço carinhoso do amado confortando. Choramos duas vezes pelo que nos entristece e pela ausência do balsamo amado. Lagrima salgada que rola pela minha face trazendo em minha boca o gosto de sal de sua pele dos dias quentes do verão. Lágrima que caminha em minha face que brota de minha alma e se materializa em água. Sentimentos que torturam minha alma e se transforma muitas vezes na ardência que queima meus olhos cansados de procurar por você.
Dione Fonseca ( Mamuzinha)
Enviado por Dione Fonseca ( Mamuzinha) em 15/09/2007
Código do texto: T654210
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dione Fonseca ( Mamuzinha)
Varginha - Minas Gerais - Brasil
537 textos (41279 leituras)
2 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:01)
Dione Fonseca ( Mamuzinha)

Site do Escritor