Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“As batidas continuam a ecoar”

Anunciando o final de uma era...
Anunciando o fim de alguém que já era...

De uma pessoa que não soube ser,
Não soube viver.

E agora vive distante e isolado
Num canto frio e maltratado.

Não reagindo aos ataques,
Não se importando com o desgaste.

Agonizando com a ferida aberta,
Perecendo com a mente despeça.

- ele quis fugir... Quis fugir!

As batidas do coração ecoam e ele enlouquece,
Mentindo para si mesmo ele esmorece
Num sofrimento sem fim.

Os olhos enxergam, as mãos sentem uma esperança já morta!
Ele tenta, mas sem apoio ele se entrega...

A esse pesadelo frio e obscuro
Que o mantém num sentimento confuso e absurdo.

E que sem dó o envolve e o sufoca
Fazendo-o cair ao chão, sem forças, e sem sentido!

Então ele rasteja, tentando sair desse círculo
Que o prende e que se torna um vício...

Maldito vício que o corrói!

E as palavras sendo como pedra que destrói o vidro,
Deixando tudo em cacos, deixando a vida sem valor.

- ele quis fugir... Quis fugir!

Mas a batida o persegue e continua ecoando
Para que ele se lembre que ele errou e
Enganou-se ao achar que a vida iria seguir sem se alterar.

A vida nunca deixará de cumprir o seu papel,
Que é mudar e sempre renovar,
Acompanhando as batidas que não param de ecoar.
ThIaGo RoDdYs
Enviado por ThIaGo RoDdYs em 16/09/2007
Reeditado em 21/05/2009
Código do texto: T654459

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ThIaGo RoDdYs
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
34 textos (1532 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:48)
ThIaGo RoDdYs