Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO OLVIDEIS OS QUE SÃO CRIATIVO

Em praças e jardins públicos, erguem-se célebres monumentos. São personagens heróicos perfilados ou fatos históricos, que ficaram imortalizados nos bronzes ou no granito.
Muita pessoas passam por ali. Muitos gente olha. Quase sempre idetificam o personagem ou reconhecem a cena consagrada pela história. Poucos, porém, sabem o nome do escultor ou por ele se interessam.
Nas exposições e nos museus, há telas de rara beleza e perfeição. Anos passaram e elas permanecem cada vez mais apreciadas por verdadeiras multidões que ali acorrem para ve-las. Muitos reconhecen a cena e identificam os seus participantes, Nem sempre, todos procuram gravá-lo na memória ou descobri-lo na já apagada assinatura, quase invisível.
Nos salões, escutam-se versos de rara beleza, declamados com extrema propriedade. Que interpretações de celebres declamadores! O nosso coração se deleita, o espírito se evola e cai, em torno de nós, uma paz celestial, quando ouvimos muitas dessas magistrais poesias.
Todos gostam. Aplaudem. Pedem nova audição.Poucos, porém, sabem o nome do poeta ou indagam por ele, por sua obra, por sua vida.
Ouvimos uma canção. Tanto letra quanto música, constituem um verdadeiro poema. Nossa sensibilidade acusa tantas emoções e os nossos ouvidos não se cansam de ouvi-las, interminávelmente. Batemos palmas. Pedimos bis. Poucos no entanto perguntam: Quem é o compositor? Como vive ésse talento, esse gênio?
As bibliotecas estão empilhadas de livros. Muita gente gosta de ler as suas páginas. Poucos quanrdam o nome do escritor.Poucos conhecem toda a sua obra literária. É assim e não importa. O autor nem sempre é lembrado.Sua obra é anuciada.Seu nome quase sempre esquecido.
No entanto, eu  vos suplico, conteplai os momentos da vida.Olhai as suas telas coloridas pela natureza,Deleitai-vos com as eternas canções do bem, do amor e do perdão.Ouvi a divina poesia que os bons cantam. Conhecei os livros os autore, o evangelho de Cristo.
Não olvideis porém o seu autor o compositor, o gênio, o talento, o Criador de todas estas maravilhas: DEUS.
Jaubert
Enviado por Jaubert em 17/09/2007
Código do texto: T655821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jaubert
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
158 textos (6034 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 03:10)
Jaubert